Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Protocolo de restaking cresce 70% para US$ 1,5 bilhão em um dia

Os usuários injetaram US$ 1,5 bilhão no protocolo em aproximadamente 13 horas, de acordo com a DeFi Llama.

O valor total bloqueado (TVL) no EigenLayer, protocolo pioneiro de restaking na Ethereum, disparou 70% em um único dia. O aumento aconteceu após o projeto remover temporariamente os limites de seus pools.

O EigenLayer removeu os limites de seus pools de tokens de staking líquido (LST) pela primeira vez em 5 de fevereiro. Desse modo, levando os usuários a injetar US$ 1,5 bilhão no protocolo em aproximadamente 13 horas, de acordo com a DeFi Llama. Agora, o EigenLayer ostenta um TVL de quase US$ 3,7 bilhões, posicionando-o como o sexto maior protocolo do setor DeFi.

Os tokens de staking líquido são como títulos que comprovam a atividade de staking do usuário, e que podem ser negociados no secundário. Os pools LST do protocolo permanecerão sem limites até o dia 9 de fevereiro. No entanto, os usuários também podem restakear nativamente usando ETH sem limites a qualquer momento.

EigenLayer foi o primeiro protocolo a introduzir o restaking. Nesse sentido, permitindo que os usuários ganhem recompensas de staking da Ethereum enquanto também protegem Serviços Validados Ativamente (AVSs) de terceiros para gerar rendimento adicional.

O EigenLayer disse que sua decisão de remover temporariamente seus limites de LST ajuda a preparar o caminho para a futura descentralização do protocolo. Enquanto o restaking nativo permaneceu sem limites desde o lançamento, o EigenLayer aumentou progressivamente seus limites de pool LST enquanto integrava novos tokens de staking líquido nos últimos meses.

Em uma postagem de blog de 5 de fevereiro, a equipe disse que planeja começar a remover permanentemente os limites dos tokens LST individuais, abrindo caminho para que os detentores de LST desfrutem de acesso irrestrito ao protocolo.

EigenLayer também introduziu suporte para três novos LSTs em 5 de fevereiro, elevando o número total de tokens de staking líquido (LST) suportados para 12.

Restakings crescem no mercado

Apesar da grande seleção de LSTs suportados pelo protocolo, o token stETH da Lido representa 50,5% dos depósitos LST do EigenLayer, de acordo com a Dune Analytics. O swETH da Swell ocupa o segundo lugar com 16,3%, seguido pelo ETHx da Stader com 8,1% e pelo mETH da Mantle com 6,2%.

O crescimento do EigenLayer também deu origem ao novo setor de protocolos de restaking líquido (LRT). A tese refere-se a projetos que alavancam o restaking nativo para oferecer rendimento aos detentores de tokens tanto do staking da Ethereum quanto do staking do EigenLayer.

Os LRTs dispararam para um TVL de US$ 2 bilhões, acima de apenas US$ 101 milhões em 20 de dezembro. O setor é liderado pelo protocolo LRT pioneiro EtherFI com US$ 763 milhões, o recém-lançado Puffer Finance e o Kelp DAO com US$ 315,5 milhões.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin