Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

O que aconteceu com a nota de R$ 200 no mercado?

Cédula completa dois anos com baixa circulação entre os brasileiros.

A cédula de R$ 200 foi lançada oficialmente pelo Banco Central há dois anos. Desde então, a circulação da nota ainda não atingiu grande parte da população, e poucas pessoas tiveram acesso fisicamente ao dinheiro.

Em 2022, o Banco Central gastou R$ 113,8 milhões para a emissão de 450 milhões de unidades da nota de R$ 200. No entanto, somente cerca de 24% dessas cédulas entraram em circulação no mercado, ou seja, 108 milhões.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Atualmente, a nota de R$ 200 representa a maior unidade monetária do real brasileiro. Antes disso, a nota de R$ 100 ocupava no mercado a posição de cédula mais valiosa.

Circulação de nota de R$ 200


O lançamento da nota de R$ 200 aconteceu em setembro de 2020, e a cédula foi criada para cobrir a demanda pelo uso de dinheiro no Brasil. Assim como outras notas, a de R$ 200 adotou um animal brasileiro para estampar um dos lados da cédula.

Embora houve forte comoção para o cachorro caramelo ser usado pelo Banco Central, a instituição escolheu o lobo-guará como o animal estampado na nota de R$ 200.

Sem forte circulação no país, a nota de R$ 200 praticamente deu lugar ao Pix, que rapidamente se popularizou no Brasil. O sistema de envio eletrônico de dinheiro pode ter contribuído para o baixo uso da cédula no mercado.

Especialistas apontam também que os brasileiros estão guardando cada vez menos dinheiro em casa, evitando o uso de grandes valores de dinheiro físico. Isso pode ter colaborado para a diminuição da circulação da nota de R$ 200 nos últimos dois anos.

Cédula vale apenas R$ 161


No dia 2 de setembro de 2022, a cédula de R$ 200 completou dois anos no mercado. Durante esse período, a nota sofreu forte desvalorização devido a inflação acumulada no Brasil.

Assim, considerando a inflação acumulada até agosto de 2022, a nota de R$ 200 teria o poder de compra reduzido para R$ 161, ou ainda, uma desvalorização de 19,6% no período.

Além de dificuldades em circulação, a nota de R$ 200 pode ser descontinuada no Brasil. Segundo o ministro da Economia Paulo Guedes, a cédula foi criada para ter “uma carreira curta”. Recentemente, ele disse também que a tecnologia blockchain pode significar o fim do uso do dinheiro de papel.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas