Investimentos

O quanto os primeiros investidores do Twitter faturaram

Fundado há 16 anos, o Twitter se tornou uma das redes sociais mais bem sucedidas do mundo, figurando um grande sucesso para seus investidores.

Foi em novembro de 2012 que o Twitter, a 7° maior rede social dos Estados Unidos,  encerrou seu duradouro ciclo marcado pela presença de Jack Dorsey no comando.

Fundador e então CEO do Twitter durante toda sua existência, Dorsey cedeu a pressões do conselho administrativo e priorizou seus outros empreendimentos, como a Square.

Ao longo de seu comando, o Twitter foi de um ‘’pivot’’ de uma antiga startup chamada Odeo para uma das maiores redes sociais do mundo, alcançando uma capitalização de $61,5 bilhões em fevereiro de 2021. 

Agora, com Dorsey fora do cenário, novas cartas foram colocadas na mesa da rede social, com Elon Musk adquirindo 9,2% da companhia e se tornando o maior acionista passivo da empresa. 

Fundação e história

Em 21 de março de 2006, o Twitter emergiu das cinzas de outra startup, a Odeo. A Odeo era uma plataforma criada por Evan Williams que buscava se tornar referência no meio de podcasting e transmissões, sendo desenvolvida por um então programador chamado Jack Dorsey. 

Após falhar em atrair público em suas versões iniciais, a Odeo foi ‘’velada’’ com o lançamento do iTunes pela Apple, que oferecia os mesmos serviços da startup.

Enxergando a necessidade de mudar os rumos de seu empreendimento, Evan captou conceito de seu então funcionário Jack Dorsey. Chamado de ‘’status’’, a ideia de Dorsey em serviços de liveblogging, onde os usuários enviavam mensagens ‘’ausentes’’ quando não estavam ativos.

Eles geralmente incluíam uma atualização sobre o que estava fazendo no momento, seu status. A partir disso, Dorsey construiu uma plataforma onde as pessoas podiam enviar mensagens de texto sobre seu status para o público, apresentando-a para Evan.

Com origem legal da Odeo, o Twitter foi incorporado pela empresa, que passou a ter Jack Dorsey como seu CEO. 

Rodadas de capitalização e rendimentos dos primeiros investidores do Twitter

Como toda empresa do Vale do Silício, o Twitter foi um prato cheio para investidores de Venture Capital (os chamados VC’s), que financiaram o crescimento inicial da rede social, posteriormente transformando suas participações em ações da rede social em seu IPO, realizado em 2013.

A maioria das participações de fundos de Venture Capital foram vendidas em negociações fechadas (anteriores ao IPO) ou no IPO da empresa, sob um valuation de $31 bilhões, os cálculos abaixo representam o retorno fictício do IPO, e o retorno apresentado sob a capitalização atual da empresa. 

  • Data: Julho 2007
    Tipo: Series A
    Arrecadação: $100.000
    Valuation: $220.000
    Retorno em IPO: 14.090.809% ou 14 milhões %
    Retorno em 2022: 18.181.718% ou 18 milhões %

    Principais investidores: Union Square Ventures, Charles River Ventures, Marc Andreessen, Dick Costolo, Ron Conway e Naval Ravikant.
  • Data: Outubro 2007
    Tipo: Series B
    Arrecadação: $5.5 milhões
    Valuation: $35 milhões
    Retorno em IPO: 29.707% ou 29 mil %
    Retorno em 2022: % ou 114 mil %

    Principais investidores: Não divulgado
  • Data: Maio 2008
    Tipo: Series C
    Arrecadação: $17,4 milhões
    Valuation: $104 milhões
    Retorno em IPO: 88.471% ou 88 mil %
    Retorno em 2022: 38.361% ou 38 mil %

    Principal investidor: Spark Capital
  • Data: Fevereiro 2009
    Tipo: Series D
    Arrecadação: $35 milhões
    Valuation: $285 milhões
    Retorno em IPO: 10.777% ou 10,7 mil %
    Retorno em 2022: 13.935% ou 13,9 mil %

    Principais investidores: Benchmark e IVP
  • Data: Setembro 2009
    Tipo: Series E
    Arrecadação: $102 milhões
    Valuation: $1,18 bilhão
    Retorno em IPO: 2.527% ou 2,5 mil %
    Retorno em 2022: 3.229% ou 3,2 mil %

    Principais investidores: Insight Venture Partners, T.Rowe Price, Spark Capital e IVP
  • Data: Dezembro 2010
    Tipo: Series F
    Arrecadação: $200 milhões
    Valuation: $3,64 bilhões
    Retorno em IPO: 751%
    Retorno em 2022: 998%

    Principal investidor: Kleiner Perkins Caufiled & Byers
  • Data: Julho 2011
    Tipo: Series G
    Arrecadação: $400 milhões
    Valuation: $9,25 bilhões
    Retorno em IPO: 235%
    Retorno em 2022: 332%

    Principal investidor: Yuri Milner, DST Global

Atualmente, os maiores detentores de participações na rede social são:
Elon Musk (9,2%), The Vanguard Group. Inc (8,39%), SSga Funds Manangement. Inc (4,54%), Aristotle Capital Management LLC (2,51%), ARK Investment Management LLC (2,15%), entre outros.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.