Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

CEO da Circle diz estar otimista com pedidos de ETFs de Bitcoin

Segundo ele, a discussão está sendo novamente levantada, o que também abre caminho para novas aprovações regulatórias no país.

Jeremy Allaire, CEO da empresa Circle, analisa que a onda recente dos pedidos de ETFs nos Estados Unidos pode efetivamente resultar na criação de um destes veículos de investimento. Neste sentido, segundo o executivo, o fato de que a discussão está sendo novamente levantada, também abre caminho para novas aprovações regulatórias no país.

“Acho que estão sendo feitos progressos com estruturas de mercado mais maduras que iriam apoiar algo assim”, disse Allaire em um entrevista à Bloomberg. “Você tem mercados spot maduros, infraestrutura de custódia bem regulamentada e boa vigilância do mercado.” Desde a metade deste mês, grandes gestoras estão entrando com um pedido para criarem seus ETFs junto à SEC.

Allaire dz acreditar que as preocupações anteriores estão sendo abordadas e, por isso, há uma maior probabilidade de que os ETFs de Bitcoin sejam aprovados para acesso geral aos investidores.

Pedidos de ETFs de Bitcoin aumentam nos EUA

A Circle é a empresa emissora da stablecoin USD Circle (USDC), uma das mais utilizadas entre os ecossistemas blockchains. Para o CEO, as “reservas digitais de valor como o Bitcoin continuam sendo um instrumento de hedge no contexto de inflação persistente contínua e enfraquecimento das moedas”.

Atualmente, os ETFs nos Estados Unidos com exposição na criptomoeda, podem existir apenas com uso de derivativos. Além da BlackRock, que iniciou a corrida, as gestoras Invesco, WisdomTree, Bitwise e Fidelity também anunciaram interesse à SEC para que veiculem seus próprios ETFs.

Os ETFs, são fundos de investimento de gestão passiva. Por isso, suas cotas são negociadas em mercado secundário, e costumam seguir um índice financeiro. Esse veículo de investimento tende a ser mais acessível ao público geral. Especula-se que a aprovação de um ETF de Bitcoin possa resultar em um aumento na movimentação do mercado de criptomoedas, bem como na adoção dessa tecnologia. Somente em alguns países, como no Brasil, os ETFs tem permissão para realizar compras diretas em Bitcoin.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil