Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Coritiba Token: detentores vão receber quase R$500 mil pela venda do jogador Dodô.

O que vem atraindo os times de futebol para a tokenização do mecanismo de solidariedade é a antecipação do capital que é gerado, diz a Liqi.

Nesta terça-feira (3), a Liqi, empresa especializada em soluções de infraestrutura blockchain, anunciou o pagamento de R$ 446.791,37 para os holders do token do Coritiba Foot Ball Club. Nesse sentido, a transação é referente à transferência do jogador Domilson Cordeiro dos Santos, conhecido como Dodô. O atleta jogava no Shakhtar Donetsk, e foi vendido no ano passado para o Fiorentina. 

Em setembro de 2022 os holders do token já receberam a primeira parcela do pagamento pela venda do atleta. Desse modo, agora receberam a segunda, resultando em um valor total de R$915.754,35 transferidos proporcionalmente para os investidores do Coritiba Token.

Está previsto que no início de 2024 os detentores do token Coritiba recebam a terceira parcela, assim que o clube italiano fizer o pagamento, segundo a Liqi. A venda do jogador permitirá que os detentores do token recebam o valor proporcional à quantidade de tokens que tiverem. Essa recompensa só é possível graças ao mecanismo de solidariedade. A estratégia criada pela FIFA com o objetivo de recompensar os times de futebol por terem participado da formação profissional de um jogador.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Desse modo, quando o atleta for vendido para outro clube o time tem direito de receber uma porcentagem com a negociação do mesmo. Para o CEO da Liqi, Daniel Coquieri, essa segunda parcela que está sendo paga só comprova o potencial da tokenização.

“A tokenização permitiu que qualquer investidor que tenha interesse no token, seja de mecanismo de solidariedade ou outro, possa participar dessa inovação. Estamos vendo a democratização dos investimentos. Então agora não é só o time de futebol que ganha com a venda de um atleta, mas também os torcedores e investidores que acreditaram no valor de cada jogador”, diz.

O que significa a tokenização do mecanismo de solidariedade?

Quando se tokeniza o Mecanismo de Solidariedade, cria-se diversos tokens. Assim, cada token representa uma fração do valor que o clube formador de um atleta recebe no momento da negociação dele. Logo, ao investir em um token como esse, o detentor do mesmo terá direito de receber parte do valor que o clube receberá pela venda de um jogador. 

Por que os clubes estão tokenizando o Mecanismo de Solidariedade da FIFA?

O que vem atraindo os times de futebol para a tokenização do mecanismo de solidariedade é a antecipação do capital que é gerado, diz a Liqi. Isso por que no momento que um investidor compra um token ele está gerando liquidez para o clube. Desse modo, o mesmo pode trabalhar com o valor, investindo em outros jogadores, sem ter que esperar pelo recebimento da venda de um atleta.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado