Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Celsius Network se recupera de falência e irá virar mineradora de Bitcoin

Com decisão judicial do tribunal de falências, a antiga Celsius Network se transformará numa mineradora de Bitcoin detida pelos credores.

A plataforma de empréstimos Celsius Network LLC, que enfrentou falência, recebeu aprovação do tribunal para transformar-se numa empresa de mineração de Bitcoin de propriedade dos credores. Desse modo, este plano faz parte de uma proposta mais ampla para reembolsar clientes cujas contas estão congeladas há mais de um ano.

O Juiz de Falências dos EUA, Martin Glenn, confirmou o plano da Celsius Network para reembolsar os clientes com uma combinação de criptoativos e ações na nova empresa de mineração de Bitcoin, que será listada publicamente. Espera-se que a Celsius comece a distribuir ativos no início do próximo ano.

Esta decisão é um marco significativo para a Celsius, que entrou em falência no ano passado durante uma desaceleração nos ativos digitais. Entretanto, logo depois conseguiu apoio suficiente dos credores para um caminho através do Capítulo 11, apesar das alegações de fraude contra ex-executivos.

O ex-CEO da Celsius, Alex Mashinsky, acusado de manipular o token CEL da empresa e fazer declarações enganosas para atrair investimentos dos clientes, declarou-se inocente.

O token, de acordo com dados do Tradingview, agora é negociado a US$0.25, após ter sofrido uma queda de 99% no seu preço de mercado.

O novo caminho da empresa

O plano da Celsius de se transformar em uma mineradora de criptoativos enfrenta ceticismo de alguns clientes e ainda tem obstáculos regulatórios a superar. A empresa afirmou que também precisa ser aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). Portanto, ainda poderá mudar para uma liquidação se a proposta de mineração de criptoativos não se concretizar.

O Juiz Glenn instou a SEC a decidir rapidamente sobre a aprovação do plano da Celsius de emergir do Capítulo 11 como uma empresa de mineração de Bitcoin listada publicamente.

A aprovação do plano da Celsius encerrou um julgamento de várias semanas, durante o qual clientes individuais questionaram a nova equipe de gestão da empresa. Assim como, também expressaram frustração com o plano de falência da empresa, bem como com o custo da falência do Capítulo 11.

Os clientes argumentaram que o plano subestima significativamente o token CEL da Celsius. Este, por sua vez, servirá essencialmente para distribuir ativos digitais e ações na nova mineradora de Bitcoin aos credores. Assim, eles argumentaram que o token nativo funcionava como um substituto para as ações da empresa, que normalmente se tornam nulas em casos de falência.

O Juiz Glenn destacou que o plano de falência da Celsius eliminou a necessidade de determinar se o CEL é um valor mobiliário, uma questão legal complexa que tem implicações mais amplas na regulamentação da indústria de criptomoedas nos EUA.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin