Economia

Bitcoin pode se tornar o ouro digital, diz Fernando Ulrich na Expert XP

Economista fala sobre mercado cripto durante o maior festival de investimentos do mundo.

Além de receber o estande da QR Asset, a Expert XP teve importantes discussões sobre o mercado cripto nesta quarta-feira (3). Com a presença do economista Fernando Ulrich, o bitcoin foi apontado como o ouro digital do mercado financeiro.

Ulrich participou do “Crypto: The New Kid on The Block”, onde falou de correlação entre o mercado cripto e o mercado de ações, mineração e o recente ataque hacker que roubou tokens criados na rede Solana.

Dessa forma, a palestra da Expert XP teve a presença de William Knottenbelt, diretor administrativo da CME, e Pedro Kunzler, estrategista da Xtage, que pertence à XP, além do economista.

Bitcoin será o ouro digital

Os criptoativos estão protagonizando importantes atividades durante a Expert XP. O evento acontece até nesta quarta-feira (4), e palestras sobre o mercado cripto estão recebendo especialistas do mundo todo.

Assim, ao comparar o bitcoin com outros criptoativos, Fernando Ulrich afirma que existem diferenças entre a principal criptomoeda do mercado e os demais projetos. Portanto, ele fala que o bitcoin pode se transformar no ouro digital, assumindo o papel de reserva financeira no mercado.

“Eu considerei o bitcoin como algo muito diferente das outras. Na minha opinião, ela realmente tem o potencial de se tornar o ouro digital. Ainda não chegou lá, mas pode se tornar o ouro digital.”

Fernando Ulrich também discursou sobre a correlação do mercado de ações com criptomoedas como o bitcoin. Sendo assim, para ele existe uma integração entre as moedas digitais e o mercado financeiro tradicional, o que explicaria essa correlação de preços.

“O bitcoin, as criptomoedas, já se tornaram parte do mercado financeiro tradicional. Veja bem, a CME foi oferecendo futuros para esses ativos. Isso prova que os ativos já se tornaram parte integral do mercado financeiro. Então, eu diria que a correlação maior também é graças a essa autointegração dos mercados financeiros.”

Mercado futuro de cripto cresce 250% no Brasil


O diretor administrativo da CME, William Knottenbelt, disse que a adoção de criptoativos está crescendo na América Latina, inclusive em negociações no mercado futuro.

Durante a palestra, ele explicou que o volume negociado no mercado futuro de criptomoedas no Brasil já cresceu 250% em 2022. A CME é conhecida por negociar contratos futuros de bitcoin no mercado financeiro.

“As criptomoedas definitivamente estão aumentando aqui, o uso de futuros de cripto também está aumentando, os volumes saídos do Brasil estão aumentando 250% este ano, então a gente vê isso como um avanço no desenvolvimento.”

Fernando Ulrich e QR Asset


Além da palestra Crypto: The New Kid on The Block desta quarta-feira (3), o economista Fernando Ulrich participará de um encontro com o diretor de investimentos da QR Asset, Alexandre Ludolf.

Os dois foram convidados para o evento “Estágio atual e as perspectivas do mercado cripto”, que acontecerá às 16h nesta quarta-feira (4). Organizado pela B3, o encontro será no estande da bolsa de valores.

A QR Asset também está com um estande na Expert XP. A empresa está lançando dois novos fundos com criptoativos, o QR Crypto Factors e o QR Crypto Neutral. A QR Asset é a primeira gestora 100% criptoativos que participa do Expert XP, considerado o maior festival de investimentos do mundo.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.