Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Senadora anti-bitcoin é forçada por lei a celebrar Satoshi Nakamoto

O Programa de Bandeira do Capitólio dos Estados Unidos permite que qualquer pessoa compre o direito de ter uma bandeira hasteada sobre o Capitólio.

Mais uma vitória para o time Bitcoin. Na verdade, muito provávelmente uma vitória vinda através de um bitcoiner bastante bem humorado e com dinheiro no bolso. Nesse sentido, Elizabeth Warren, senadora anti-Bitcoin dos EUA, literalmente hasteou uma bandeira para elogiar o trabalho do criador anônimo do Bitcoin, Satoshi Nakamoto. A celebração foi uma homenagem aos 15 anos desde o lançamento da rede.

Contudo, vale ressaltar que o Programa de Bandeira do Capitólio dos Estados Unidos permite que qualquer pessoa compre o direito de ter uma bandeira hasteada sobre o Capitólio. Após a bandeira ser hasteada, ela é enviada ao solicitante junto com um certificado de autenticidade.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Nesse sentido, justamente este certificado pode receber a assinatura de um congressista à escolha do solicitante e incluir uma dedicatória personalizada. Desse modo, permitindo que o solicitante preencha o espaço em branco com o nome ou a ocasião que deseja homenagear.

Esse programa é uma maneira popular de celebrar, homenagear ou lembrar indivíduos, eventos e ocasiões especiais, fornecendo um símbolo significativo de reconhecimento nacional. O serviço tem um custo médio de US$ 50 e pode ser solicitado por meio do gabinete da senadora através desse site.

Senadora teve que homenagear Satoshi

Muito provavelmente foi assim que, participando do Programa de Bandeira do Capitólio, o escritório da Senadora Warren enviou um pedido para comemorar a realização de Nakamoto de criar o primeiro “sistema financeiro verdadeiramente inclusivo”.

As informações são do portal Bitcoin Magazine, que afirmam que a senadora teria mudado de postura em relação ao Bitcoin. Contudo não há pronunciamento da senadora sobre o assunto até o momento da publicação desta reportagem. A reportagem do Bitcoin Magazine também aponta que o solicitante primário foi o próprio escritório da Senadora. Contudo, ainda não existem fontes oficiais sobre o fato.

Além disso, o pedido foi para que a bandeira fosse hasteada acima do Capitólio em 18 de dezembro de 2023. A data é conhecida pelos Bitcoiners como Dia HODL. Vale ressaltar que a senadora criticou a aprovação dos ETFs à vista de Bitcoin, que ocorreu após a homenagem. Nesse sentido, a senadora chamou a aprovação de “ato ilegal por parte da SEC”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ex-CEO da Binance pode ser condenado a 3 anos de prisão (não 4), e pede desculpas Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, desapareceu há exatos 13 anos Google é forçado a desincentivar novos candidatos políticos Magic Eden adiciona suporte para Runes do Bitcoin Dona da CazéTV agora pertence à XP Inc e vai expandir globalmente