Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Rollups estão chegando ao Bitcoin através do protocolo de “Super Camada” BitcoinOS

As rollups são essencialmente uma forma de executar transações e smart contracts fora da cadeia principal do Bitcoin.

A tecnologia de “rollups”, transações compactadas em blockchain, está sendo introduzida na rede Bitcoin. Desse modo, marcando um passo significativo em direção ao aprimoramento de sua escalabilidade e funcionalidade. Entre os projetos surgindo os mais destacados são o BVM e o BitcoinOS.

Já a equipe do Bitcoin Virtual Machine (BVM), quer integra o conceito de rollups, especificamente o “Optimistic Rollup”, ao ecossistema Bitcoin. Esta abordagem permite que as cadeias BVM tirem proveito do mecanismo de consenso do Bitcoin, a prova de trabalho, sem necessitar de um sistema de consenso próprio.

O nome faz referência à EVM, ou máquina virtual da Ethereum. Isso consiste em facilitar a criação de blockchains interoperáveis usando a estrutura da Ethereum. Portanto, com o surgimento de diversas aplicações no Bitcoin, a ideia da BVM é de facilitar o ecossistema e integrá-los de forma mais simples.

Nesse sentido, as rollups são essencialmente uma forma de executar transações e smart contracts fora da cadeia principal do Bitcoin. Mas ainda aproveitando sua segurança e descentralização.

Portanto, a arquitetura BVM Chain, que utiliza a base de código Optimism, visa suportar contratos inteligentes e oferecer uma solução de escalabilidade através de um número expansível de blockchains Bitcoin L2, conhecidas como BVM Chains.

O BVM, um mecanismo Turing-complete, permite a execução de smart contracts e a criação de diversas aplicações descentralizadas na rede Bitcoin. Portanto, a ideia é superar as limitações tradicionais do Bitcoin em relação a contratos inteligentes e escalabilidade.

O que pode mudar com rollups no Bitcoin?

Com esta inovação, espera-se que o Bitcoin se torne mais acessível e apto para uma variedade de aplicações, como DeFi, jogos, NFTs, pagamentos e DAOs. Essa transformação da rede Bitcoin, apoiada pela tecnologia rollup, sinaliza uma nova era de possibilidades expansivas para a primeira e mais notória criptomoeda do mundo.

A parte de disponibilidade de dados, em que uma camada fornece a conexão entre diferentes cadeias, será fornecida pela Near Protocol.

“Essa integração permite que os desenvolvedores armazenem a raiz do estado no Bitcoin e o lote de transações no Near. Assim, otimizando os custos em 10.000x. Como resultado, facilita o lançamento de Bitcoin L2s com alta velocidade (tempo de bloqueio de 2 segundos) e taxas de transação quase nulas”, afirma a equipe da BVM.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos