Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Elon Musk perdeu US$17 bilhões com compra do Twitter, diz gestora

Reavaliação feita pela gestora americana Fidelity (sócia da rede social) aponta o valor do Twitter caiu ⅔ desde a aquisição por Musk.

A Fidelity, uma gestora americana com US$4,5 trilhões, o valor atual do Twitter seria de US$15 bilhões. A empresa foi parte do grupo de investidores que acompanhou Elon Musk na compra do Twitter em outubro passado por US$44 bilhões.

A posição da gestora é considerada pequena, valendo hoje cerca de US$6.55 milhões. A remarcação a mercado, porém, é um indicativo da visão de investidores sobre a empresa.

Desde que o Twitter foi comprado por Musk e outros investidores, a empresa deixou de ser negociada em bolsa.

De acordo com dados enviados à SEC, a comissão de valores mobiliários, Musk detém aproximadamente 79% das ações do Twitter.

Entre as razões para a baixa contábil, destaca-se a quantidade de empréstimos contraídos para financiar a aquisição.

Musk realizou a compra por meio de empréstimos que totalizam US$33,5 bilhões. Deste montante, cerca de US$13 bilhões estão registrados no balanço do próprio Twitter.

Conforme afirmado por Musk, o valor atual do Twitter é metade do que ele pagou pela aquisição. O empresário desembolsou US$25 bilhões na compra, incluindo empréstimos pessoais.

Para obter esses empréstimos, Musk teve que oferecer ações da Tesla como garantia. A possibilidade de ele ficar sem recursos suficientes para pagar os empréstimos e ter que vender ações tem sido uma das principais preocupações dos investidores da montadora.

Nesse sentido, os acionistas da Tesla acreditam que, caso Musk seja obrigado a vender mais ações para liquidar os empréstimos, isso possa afetar o preço da empresa.

Musk tem buscado novos acionistas

De acordo com documentos vazados do family office de Elon Musk, o empresário tem buscado vender ações da “X holdings”, empresa que agora controla o Twitter.

A intenção é diluir a participação de Musk na empresa.

Além de Musk, outros investidores incluem a Binance, que investiu US$500 milhões, assim como Larry Elisson (Oracle) e o príncipe saudita Alwaleed.

Elisson se aproximou de Musk ao adquirir aproximadamente US$1 bilhão em ações da Tesla. Atualmente, essa participação equivale a US$13 bilhões.

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.

Notícias relacionadas



Warren Buffett sorteia Bitcoin no TikTok, mas óbvio que é golpe com DeepFake Brasil quer cobrar direito autoral da Amazon pelo uso do nome Há 10 anos, um universitário recebeu 22 Bitcoins após viralizar na TV Golpistas usam deepfake do Elon Musk para pedir doações em cripto; e conseguiram US$165 mil MPSC Bloqueia R$27,4 Milhões de Empresa Suspeita de Pirâmide Financeira