Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Liqi planeja tokenizar RS$ 500 milhões em 2024 e contrata executivo para isso

A Liqi anunciou que o executivo André Pina será responsável pela área de Token Capital Markets na instituição.

Nesta segunda-feira (4), a Liqi, empresa especializada em soluções de infraestrutura blockchain, anunciou que planeja tokenizar US$ 500 milhões em ativos neste ano. Além disso, anunciou que o executivo André Pina será responsável pela área de Token Capital Markets na instituição. Pina conta com 20 anos de experiência em inovação no mercado de capitais, 

Fundada em 2021, a Liqi atua na parte de tokenização e de Crypto as a Service (CaaS). Entre seus sócios estão a Kinea Ventures, fundo de Corporate Venture Capital do Itaú Unibanco, a Galápagos, a Oliveira Trust e a Honey Island by 4UM Investimentos.  Até o momento a empresa afirma que já tokenizou mais de R$118 milhões. E a expectativa para 2024 é de tokenizar mais de R$500 milhões.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Executivo TradFi é contratado

A área que será administrada por Pina, contribuirá para a melhoria na estruturação que acontece antes da emissão dos tokens. A parte de Token Capital Markets focará na análise de crédito privado e no lastro do token. Dsse modo, para que dessa forma consiga atender diversas empresas que têm interesse em utilizar a infraestrutura da Liqi para tokenizar operações de crédito privado. 

Pina já atuou no Citibank na área de prestação de serviços para o Mercado de Capitais. Ele também participou de transações de securitização que chegaram a somar mais de R$5 bilhões. Pina também fez parte do time que realizou a 1ª emissão de um CRA. Além de um CRI de Home Equity, e de um CRI de Long Stay no país.

Além disso, esteve envolvido na emissão de diversos FIDCs inovadores, tal como 1º FIDC de uma Fintech e de uma Subadquirente e de Consignado Privado. Portanto, participando de operações bem relevantes que envolveram grandes empresas, tais como Mercado Livre, Vivo, etc. 

Para André, pelo fato do mercado de capitais voltado ao Crédito Privado ser movimentado principalmente por investidores profissionais, observou que muitas vezes as operações pareciam uma “caixinha preta”. Desse modo, poderiam sair coisas boas ou ruins, porque muitas vezes só era possível descobrir o que estava acontecendo na hora de receber o valor aportado de volta.

Por conta desse e de outros fatores, Pina acredita que a tokenização é um caminho sem volta e que a nossa economia será tokenizada.

“A Liqi, com o seu trabalho voltado para a tokenização é uma empresa muito promissora, isso porque a tokenização traz consigo toda uma oportunidade, via a emissão de contratos inteligentes, de resolver vários desses entraves que o mercado sempre possuiu e, assim, permitir um acesso mais democratizado e transparente”, afirma

Vantagem da tokenização do mercado de capitais

A Liqi já mostrou tokenizar recebíveis, CCBs e no ano passado lançou o primeiro Token de Investimentos em Direitos Creditórios (TIDC) do mercado. Neste último citado, recriou a infraestrutura de um FIDC utilizando a blockchain. 

Todas as emissões de tokens feitas utilizando a infraestrutura blockchain e os Smart Contracts. Portanto, segundo a Liqi, possibilitando que as operações se tornem mais baratas, transparentes, seguras. Ademais, também possibilitando que as operações se tornem acessíveis a empresas que não são necessariamente de grande porte. 

“Muitas estruturas que sempre pensei em criar ficaram inviáveis quando pensava que precisaria colocar um FIDC de pé ou emitir um CRI ou um CRA. Seja devido aos custos envolvidos nessas estruturas, como a barreiras de infraestrutura tecnológica que existiam, visto que é um mercado que sempre trabalhou da mesma forma. Com a tokenização esses problemas acabam”, destaca Pina. 

Um exemplo de que a tokenização já vem mudando o mercado brasileiro é o DREX, a CBDC do Banco Central, que vai tokenizar a economia brasileira. Além disso, a CVM vem apoiando e trabalhando junto com esse setor para que continue crescendo. 

Para o CEO da Liqi, Daniel Coquieri, a chegada do André Pina representa um novo passo que a empresa vai dar na entrada da tokenização no mercado de capitais. “O Pina vai contribuir para que a Liqi continue o trabalho que vem fazendo e se torne ainda mais referência quando o assunto for tokenização do mercado de capitais.”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ex-CEO da Binance pode ser condenado a 3 anos de prisão (não 4), e pede desculpas Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, desapareceu há exatos 13 anos Google é forçado a desincentivar novos candidatos políticos Magic Eden adiciona suporte para Runes do Bitcoin Dona da CazéTV agora pertence à XP Inc e vai expandir globalmente