Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

ETF Bitcoin spot pode ajudar a democratizar criptomoeda, diz CEO da BlackRock

“No momento, o spread de compra e venda de criptoativos é muito caro”, disse o CEO em entrevista.

Larry Fink, CEO da BlackRock, comentou acreditar que o ETF spot de Bitcoin da gestora teria o poder de ajudar a “democratizar” o mercado cripto. Durante uma entrevista à Fox Business, ele fez a afirmação. Fink também disse que a BlackRock espera tornar o criptoativo muito mais barato para os investidores.

“No momento, o spread de compra e venda de criptoativos é muito caro”, disse ele.

A BlackRock anunciou seu pedido junto à SEC para lançar um ETF de Bitcoin à vista, ou spot, no início de junho. A proposta engloba o lançamento de um iShares Bitcoin Trust que utilizaria a Coinbase como custodiante de bitcoin. Além disso, a corretora atuaria como como parte de um contrato de compartilhamento de vigilância.

Nesse sentido, o movimento da maior gestora do mundo iniciou uma onda de outros pedidos. A grande maioria dos candidatos recentes ao ETF de bitcoin spot, incluem ARK e Fidelity. No entanto, a SEC adotou uma postura mais rígida em relação às criptomoedas nos últimos meses, o que pode desfavorecer o pedido em ser aprovado.

CEO da BlackRock vai de cético para “bullish”

Fink começou sendo pessimista no que tange ao mercado cripto. O CEO comentou, inclusive, que o bitcoin mostra “quanta demanda por lavagem de dinheiro existe no mundo”, em 2017.

Contudo, ele mudou de ideia ao longo dos anos. No final de 2020, Fink disse que Bitcoin chamou sua atenção, e até disse que havia uma possibilidade de que o ativo pudesse substituir o ouro.

Inclusive, o CEO reafirma essa ideologia na entrevista. “Eu acredito que as criptomoedas estão digitalizando ouro de várias maneiras”, afirma. Além disso, ele também se referiu ao bitcoin como um “ativo internacional.”

Outro CEO que já demonstrou otimismo quanto aos ETFs, foi Jeremy Allaire, CEO da empresa Circle. Ele analisa que a onda recente dos pedidos de ETFs nos Estados Unidos pode efetivamente resultar na criação de um destes veículos de investimento.

Neste sentido, segundo o executivo, o fato de que a discussão está sendo novamente levantada, também abre caminho para novas aprovações regulatórias no país.

“Acho que estão sendo feitos progressos com estruturas de mercado mais maduras que iriam apoiar algo assim”, disse Allaire em um entrevista à Bloomberg. “Você tem mercados spot maduros, infraestrutura de custódia bem regulamentada e boa vigilância do mercado.”

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.


Warren Buffett sorteia Bitcoin no TikTok, mas óbvio que é golpe com DeepFake Brasil quer cobrar direito autoral da Amazon pelo uso do nome Há 10 anos, um universitário recebeu 22 Bitcoins após viralizar na TV Golpistas usam deepfake do Elon Musk para pedir doações em cripto; e conseguiram US$165 mil MPSC Bloqueia R$27,4 Milhões de Empresa Suspeita de Pirâmide Financeira