Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

Dólar perde força após divulgação dos dados de inflação

O dólar sofreu uma queda acentuada após a divulgação dos dados de inflação de preços dos EUA, atingindo seu menor nível desde o ano passado.

A queda do dólar frente a outras moedas, medido pelo índice DXY, foi impulsionada por uma leitura surpreendentemente moderada da inflação dos EUA. No que levou os traders a especularem que as taxas de juros dos EUA poderiam atingir o pico já neste mês.

Os dados divulgados nesta quarta-feira mostraram que a inflação de preços desacelerou muito mais rápido do que o esperado no mês passado

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Isso resultou na maior queda diária no dólar em cinco meses. Que acabou deixando a moeda em seu nível mais baixo em mais de um ano contra o euro e a libra esterlina. Assim como, em seu nível mais baixo em mais de oito anos contra o franco suíço.

Os futuros de taxas de juros mostraram que os mercados já precificaram outro aumento de taxa do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) ainda este mês. Entretanto, as expectativas de quaisquer aumentos futuros evaporaram. 

Portanto, o sentimento de mercado dependerá bastante do que será ouvido do FOMC nas próximas semanas. Que consequentemente, decidirá o destino do dólar americano e definirá o tom para o resto do verão.

Neste momento, estimam-se 92% de probabilidade para uma nova elevação da taxa de juros norte-americana na próxima reunião do FOMC, que ocorre dia 27 deste mês. Por outro lado, a probabilidade é de mais de 80% para que estas taxas não se elevem mais em setembro.

Assim, traders começam a precificar o fim dos aumentos da taxa de juros dos EUA. Desa forma, a diferença decrescente entre as taxas de empréstimo dos EUA e as de outros lugares impulsionou outras moedas, particularmente o euro, a libra esterlina e o iene, a subirem contra o dólar.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares