Artigo

Dogecoin foi responsável por 34% do faturamento da Robinhood com criptomoedas


Por Hugo Montan
Julho 2, 2021

[post-views]

Impulsionada por Musk, Dogecoin, a moeda ‘meme’, foi responsável por 34% do faturamento da corretora americana Robinhood com transações de criptomoedas no primeiro trimestre de 2021. 

Com um salto de mais de 245% na receita em 2020, a Robinhood Markets se tornou uma das corretoras prediletas dos investidores americanos de varejo. Impulsionada pelos episódios bizarros das ‘meme stocks’, a corretora se tornou o principal meio de comunicação entre os investidores internautas de varejo e o mercado financeiro. 

Apresentando um crescimento fulminante alimentado por comunidades como o “r/wallstreetbets”, grupo popular no Reddit que foi peça chave para o crescimento das ações memes durante  Janeiro, a corretora apresentou um crescimento ascendente nos últimos 2 anos. Tal crescimento resultou no mais recente pedido de IPO da empresa, nesta quinta-feira. 

A Robinhood planeja se listar na Nasdaq com o código ‘HOOD’, e apresentou a documentação necessária para o pedido de IPO nesta quinta-feira. O extenso documento detalha o crescimento da empresa, que se baseou firmemente em um público majoritariamente jovem em relação a outras corretoras. 

Os dados revelam que 70% dos clientes do Robinhood possuem entre 18 e 40 anos, com uma idade média de 31 anos. De acordo com a empresa, “a maioria dos nossos clientes são principalmente investidores especuladores que compram e mantêm suas posições, em divergência com o caráter de traders ‘padrão’ “.

Os números se mostraram excitantes para os investidores atentos ao IPO, com cerca de 17,7 milhões de usuários ativos por mês que comandavam cerca de $81 bilhões em ativos. Dada as estimativas, a corretora faturou em média $137 com cada um de seus usuários. 

34% EM DOGECOIN

Embora o documento esteja repleto de dados valiosos para serem analisados, o número mais cômico e interessante diz a respeito do faturamento da corretora com criptomoedas. Surpreendentemente, a corretora afirmou que 34% da receita obtida em transações de criptomoedas foi proveniente de transações em Dogecoin, sinalizando um aumento de mais de 30% em relação ao último trimestre de 2020.

Dos $81 bilhões em ativos sob custódia que a corretora afirmou possuir, $11,6 bilhões, ou cerca de 14%, são mantidos em criptomoedas, mostrando o apetite dos clientes pelo faturamento sob criptomoedas.

No total, houve 10 menções da moeda meme no processo, incluindo uma seção própria sobre ele:

“Como tal, além dos fatores que impactam a criptoeconomia mais ampla descrita em outra parte desta seção, os negócios da RHC podem ser adversamente afetados e o crescimento em nossa receita líquida obtida com transações de criptomoeda pode diminuir ou diminuir, se os mercados de Dogecoin se deteriorarem ou se o preço do Dogecoin diminui, inclusive como resultado de fatores como percepções negativas do Dogecoin ou o aumento da disponibilidade do Dogecoin em outras plataformas de negociação de criptomoedas. “


Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail