Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Investimentos

Coreia do Sul proíbe vendas a descoberto até 2024

A proibição imposta pela Comissão de Serviços Financeiros estará em vigor até junho de 2024. E se aplica a todas as ações listadas na Coreia do Sul.

As ações na Coreia do Sul tiveram uma forte alta na manhã desta segunda-feira (6) depois que o regulador financeiro do país proibiu completamente a venda a descoberto. Desse modo, a decisão do regulador foi para acalmar os investidores de varejo antes das eleições parlamentares do próximo ano.

O índice de referência do país, o Kospi, subiu até 4%, com a empresa de baterias LG Energy Solution valorizando mais de 20%. Além disso, a Posco Future M, uma empresa de materiais para baterias, aumentando 28%. O índice Kosdaq, focado em tecnologia, subiu até 6%.

A proibição imposta pela Comissão de Serviços Financeiros estará em vigor até junho de 2024. E se aplica a todas as ações listadas na Coreia do Sul. “Apesar das melhorias regulatórias anteriores, as preocupações permanecem altas sobre a formação justa de preços no mercado de ações doméstico devido à repetida venda a descoberto ilegal por investidores institucionais globais”, disse o presidente da FSC, Kim Joo-hyun, no domingo.

Ele acrescentou que a FSC usaria o período até junho do próximo ano para aprimorar as regulamentações sobre venda a descoberto. Ademais, disse que o governo conduziria uma investigação sobre a venda a descoberto “nua” por investidores institucionais globais.

“Adotaremos uma abordagem de tolerância zero às práticas ilegais de venda a descoberto nua”, disse Kim. “Os infratores serão severamente punidos e enfrentarão processos criminais.”

Reguladores

Os reguladores financeiros disseram no mês passado que planejavam impor multas a dois bancos de investimento globais, que não identificaram, em Hong Kong por sua venda a descoberto “rotineira e intencional” de ações. A venda a descoberto nua é a prática ilegal de vender ações a descoberto sem antes emprestá-las. Ou confirmar que podem ser emprestadas.

Desse modo, a proibição reverte a decisão dos reguladores em 2021. Na época, suspenderam as restrições à venda a descoberto nas ações do Kospi 200 e Kosdaq 150. As restrições haviam sido impostas durante a pandemia para sustentar o mercado de ações.

An Hyung-jin, diretor executivo do hedge fund Billionfold Asset Management, com sede em Seul na Coreia do Sul, descreveu a medida dos reguladores como uma resposta ao “sentimento público negativo em meio a um mercado de ações lento” antes das eleições gerais para a Assembleia Nacional em abril.

Venda a descoberto

A venda a descoberto surgiu como uma questão polêmica na política sul-coreana durante a pandemia. Os investidores de varejo do país, conhecido como “formigas”, faziam lobby por restrições à prática enquanto lutavam contra investidores institucionais que protegiam suas posições.

Kim, da FSC, disse no domingo que a proibição temporária “aliviaria fundamentalmente o campo de jogo inclinado entre investidores institucionais e de varejo”.

An disse que a decisão da FSC surpreendeu aqueles que esperavam que os reguladores suspendessem completamente a proibição da venda a descoberto como parte da longa campanha de Seul para ser promovida pelos principais provedores de índices ao status de mercado desenvolvido.

“Os investidores domésticos vão saudar a medida, mas isso tornará mais difícil a promoção da Coreia”, disse An. “A proibição da venda a descoberto pode ser um pequeno gatilho para ganhos de curto prazo. Mas a situação macroeconômica do país deve melhorar para que o mercado se recupere a longo prazo.”

Nesse sentido, a Kospi caiu quase 15% entre o início de agosto e o final de outubro devido às persistentemente altas taxas de juros nos EUA. Começou a subir na semana passada à medida que os resultados dos fabricantes de chips sul-coreanos SK Hynix e Samsung Electronics apontavam para uma recuperação no setor global de chips de memória.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil