Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Atualização na Ethereum avança e conclusão pode coincidir com ETF à vista

Uma funcionalidade esperada que o Dencun deve trazer é o proto-danksharding, que visa reduzir as taxas de gás e melhorar a escalabilidade.

A mais recente grande atualização do Ethereum, Dencun, foi concluída com sucesso na rede de teste Sepolia nesta terça-feira (30). Portanto, agora resta apenas mais duas redes de teste antes que a atualização seja feita na principal.

As redes de testes são blockchains para que desenvolvedores, como o nome já diz, testem atualizações tanto da Ethereum quanto de aplicações construídas em cima da rede. Existem duas redes, e normalmente toda atualização importante antes passa por ambas.

Após a conclusão, a funcionalidade “proto-danksharding” será implementada. A implementação do Dencun em Sepolia iniciou-se às 22:51 UTC de terça-feira e concluiu-se logo em seguida.

“Os blobs agora estão fluindo em Sepolia”, escreveu Parithosh Jayanthi, engenheiro de DevOps da Fundação Ethereum, em uma postagem no X. “Forks de testnet sem eventos são os melhores!”

Os desenvolvedores principais do Ethereum implementaram a atualização na rede de teste Goerli no início deste mês. A iniciação da atualização na terceira e última rede de teste, Holesky, está programada para 7 de fevereiro.

Após um terceiro lançamento bem-sucedido na rede de teste, espera-se que a equipe do Ethereum estabeleça uma data de lançamento na mainnet para o Dencun. Vale ressaltar que, após a aprovação dos ETFs à vista de Bitcoin muitos aguardam a vez do Ether.

O banco Standard Chartered disse que, em sua previsão, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) aprovará os ETFs de Ethereum à vista em 23 de maio. A data refere-se ao primeiro prazo limite de resposta da SEC sobre um dos pedidos.

Nesse sentido, possivelmente bem próximo da janela pós conclusão do Decun. Portanto, o banco ainda projeta um possível alvo de US$ 4.000 para o ETH se ele imitar o desempenho do BTC antes da aprovação.

O que vai mudar com a atualização?

Uma funcionalidade esperada que o Dencun deve trazer é o proto-danksharding, que visa reduzir as taxas de gás e melhorar a escalabilidade. Desse modo, introduzindo um novo mecanismo de armazenamento de dados compactado chamado “blobs”.

Ademais, a ferramenta também pretende baratear as taxas em todas as segundas camadas, por consequência da redução do armazenamento na primeira camada, a base de tudo.

“Uma transação que carrega um blob é como uma transação regular, exceto que também carrega um pedaço extra de dados chamado blob”, escreveu Vitalik Buterin, co-fundador do Ethereum, em um explicador para a comunidade. “Os blobs são extremamente grandes (~125 kB) e podem ser muito mais baratos do que quantidades similares de calldata.” A última grande atualização do Ethereum, Shapella, ocorreu em março de 2023. Assim, permitindo que usuários e validadores retirassem seu ETH em stake na rede.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin