Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Airdrops na Solana e staking de TIA; o que os degens estão planejando?

A rede social, que é quase que um habitat natural deles, oferece algumas opções para tentar achar todo esse Alpha.

O mercado de alta vem vindo forte nesse último mês, e com ele os ânimos dos investidores também aumentam. Além disso, no meio deles levantam-se os famosos “Degens”, apelido para os degenerados que buscam alpha na Web3. Nesse sentido, essas figuras constantemente buscam por novos tokens com potencial de explodir, airdrops e outros métodos nada convencionais de investimento.

Nesse sentido, esses degens já estão inundando o X (antigo Twitter) com suas táticas de investimento, ou busca por criptomoedas de graça. A rede social, que é quase que um habitat natural deles, oferece algumas opções para tentar achar todo esse Alpha.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

É importante notar que o que será escrito são jogadas de pessoas com altíssima tolerância ao risco, portanto altamente especulativas. Essas criptomoedas, protocolos ou tokens operam com um valor de mercado baixo, e liquidez tão baixa quanto. Portanto, movimentos bruscos são esperados, e grande parte não possui a menor proposta de valor.

Ademais, protocolos que fornecem airdrops geralmente são bastante novos no mercado, havendo portanto o risco de um golpe ou simplesmente um hack por parte de um agente malicioso. É recomendado o uso de “burner wallets”. Uma carteira separada, criada especialmente para interagir com ambientes hostis da Web3.

Solana chama a atenção

Desse modo, o ecossistema que está chamando a atenção dos Degenerados é o de Solana (SOL). Esse ecossistema aparentemente está inundado de protocolos com possíveis chances de airdrops. Muita da atenção ao ecossistema veio após o airdrop de Jito, que distribuiu mais de US$ 10 mil em tokens JTO para diversos usuários.

Contudo, agora os investidores procuram interagir com outros ecossistemas na rede Solana, e tentar a sorte em algum futuro airdrop. Além disso, a temporada de memecoins que iniciou-se na Avalanche também chamou a atenção dos caçadores de airdrops. Confira:

Os airdrops acontecem de maneira randômica para distribuir recompensas aos usuários mais fiéis, e capitalizar o projeto em cima de um criptoativo. Portanto, geralmente os escolhidos para receber são aqueles que interagem com o protocolo ou a rede. Ou seja, caso seja uma corretora descentralizada, os degens recomendam fazer trocas de criptomoedas e fornecer liquidez para um pool.

Staking de TIA

Além disso, uma teoria que corre entre os degenerados é o de staking de Celestia (TIA). Nesse sentido, o blockchain Celestia, com token nativo TIA, trata-se de um “hub” dentro de Cosmos. Portanto, construiu-se um blockchain utilizando e incorporando a tecnologia de Cosmos.

A teoria é simples. As pessoas que faziam staking de ATOM, o token nativo da rede Cosmos, receberam alguns airdrops, incluindo de TIA. Portanto, agora, a especulação é de que o staking de TIA irá render algumas criptomoedas de graça no futuro.

Uma das maneiras de fazer isso seria através das carteiras do ecossistema Cosmo, como a Klepr. Contudo, a carteira é apenas uma interface, e o usuário teria que delegar seus tokens para um validador na rede, cada um com suas próprias peculiaridades e rendimentos.

É importante notar que, por não saber nem se realmente haverá airdrops, as especulações baseiam-se em airdrops passados. Tanto em quantidade que seria necessário colocar para ser elegível, quanto outros critérios de elegibilidade.

E não é apenas Celestia (TIA) que os degenerados estão mirando. O ecossistema inteiro de Cosmos também tem sido alvo de olhares. Entre as blockchains em Cosmos, ou hubs como são chamados, apontados estão essas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas