Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Investimentos

Weg dispara R$11 bilhões após rumores de negócio com SpaceX

Disparada acontece em meio a rumores de que Elon Musk escolheu a empresa para fornecer motores elétricos à SpaceX, empresa de espaçonaves onde atua como CEO.

Nesta segunda-feira (24) a empresa Weg (WEG3), fabricante de motores elétricos, esteve entre as ações mais negociadas na B3. A disparada acontece em meio a rumores de que Elon Musk escolheu a empresa para fornecer motores elétricos à SpaceX, empresa de espaçonaves onde atua como CEO.

Contudo, ainda não há comunicado oficial de nenhuma das empresas que confirmam os rumores. Além disso, a WEG também apresentou resultados positivos no segundo trimestre, com lucro de R$1,37 bilhão,  acima do esperado pelo mercado.

Portanto, o otimismo dos rumores impulsionaram o preço da ação no pregão de hoje, e adicionaram mais R$ 11 bilhões ao valor de mercado da empresa. Nesse sentido, hoje o papel teve um volume de R$ 902 milhões, e valorizou 7,1%, na máxima do Ibovespa.

A empresa é uma multinacional brasileira, fundada em 1961, com sede na cidade de Jaraguá do Sul, no estado de Santa Catarina. Ela é conhecida por fabricação de motores elétricos, transformadores e geradores.

A ação agora é cotada em R$41,54. Desse modo, liderado pela alta de WEG3, o Ibovespa subiu 0,94% e fechou a segunda em 121.341,69 pontos. A SpaceX é a maior empresa de exploração espacial do mundo, e atualmente constrói o maior foguete tripulado para ir à marte, o Starship.

Além dele, a empresa usa o modelo FalconX para idas ao espaço. Entre as utilidades, está o lançamento de satélites, como o próprio Starlink, fornecedor de internet via satélite.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil