Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Tecnologia

The Town terá segurança feita por robôs da Boston Dynamics e IAs no palco

A utilização de drones e cães robôs para segurança visará garantir um ambiente mais seguro, monitorando possíveis riscos e coletando dados em tempo real.

O festival de música, The Town, trará grandes novidades no campo da tecnologia e inteligência artificial na edição deste ano de 2023, que começa neste sábado (2), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Por exemplo, conforme noticiado pelo jornal O Globo, o uso de avatares gerados por inteligência artificial, com objetivo de criar uma experiência imersiva, permitindo que os participantes interajam com personagens virtuais que comunicam mensagens e anunciam atrações.

A equipe de tecnologia projetou e aplicará a inovação no palco New Dance Order, dedicado à música eletrônica. Assim, eles gerarão 100 avatares com inteligência artificial, equipados com rostos, roupas, vozes e personalidades próprias.

As IAs serão projetadas em telões de LED de 350 metros quadrados. O objetivo é fazer com que os personagens espalhem ao público mensagens otimistas sobre o futuro. Além disso, também irão anunciar as trinta atrações que vão tocar no espaço.

Cães robôs farão a segurança do The Town

Ademais, a utilização de drones e cães robôs para segurança visará garantir um ambiente mais seguro, monitorando possíveis riscos e coletando dados em tempo real. O festival Rock in Rio do ano passado também utilizou a tecnologia. A SegurPro trará os cães robôs, e a empresa americana Boston Dynamics os produziu, sendo a fabricante dessa tecnologia. Desse modo, o objetivo é focar na segurança do local.

Ainda conforme O Globo, ao todo serão 25 cães robôs para monitor o festival. O equipamento usa rede 5G para coletar dados do ambiente, como temperatura para identificar possíveis focos de incêndios e risco de eventos suspeitos.

O Centro de Controle Operacional recebe os dados coletados em tempo real durante o festival. Além deles, estarão fazendo a segurança dois mil seres-humanos e quatro drones para reforçar a segurança.

Por fim, outra tecnologia adotada no festival será o uso de coletes sensoriais que podem permitir que deficientes auditivos sintam a vibração da música, proporcionando uma experiência musical completa. Os coletes serão disponibilizados no espaço chamado o espaço chamado de “Sinta o Som”.

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.

Notícias relacionadas