Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Receita de mineração do Bitcoin cai 90%

Queda nas movimentações de tokens BRC-20 está entre as causas da queda de 90% na receita de mineração do Bitcoin.

A mineração de Bitcoin produz duas principais fontes de receita: as recompensas de bloco por descobrirem blocos na rede e as taxas de transação por incorporarem transferências individuais. No entanto, nos últimos anos, as taxas de transação têm contribuído pouco para a receita total. Como resultado, os mineradores tiveram que sobreviver apenas com as recompensas de bloco.

No entanto, recentemente, a receita de taxas de transação desses validadores de cadeia atingiu valores explosivamente altos, graças à febre dos tokens BRC-20 que tomou conta do mercado. Esses tokens, criados na blockchain do Bitcoin usando o protocolo Ordinals, levaram a um aumento nas transações na rede, o que resultou em congestionamento e inflação das taxas.

Em seu pico, a quantidade total que os mineradores estavam ganhando com as taxas de transferência atingiu níveis históricos. No entanto, as taxas caíram significativamente desde então, à medida que os tokens BRC-20 perderam força. 

No auge da popularidade do token BRC-20, a taxa de transação do Bitcoin atingiu um valor de $17,8 milhões. Após um resfriamento maciço da febre do token BRC-20, os mineradores chegaram a recolher aproximadamente $1,7 milhão em taxas de transação.

Essa queda nas taxas de transação está diretamente relacionada à redução do congestionamento na mempool do Bitcoin. Durante períodos de congestionamento, ocorre uma competição intensa para processar as transferências.

Como os mineradores têm uma capacidade limitada, eles dão prioridade às transações com as taxas mais altas. No entanto, com a diminuição do congestionamento, as taxas de transação caíram, o que trouxe benefícios para os usuários da rede.

Expectativas futuras:

Apesar da queda, é importante notar que o valor atual ainda é bastante elevado em comparação com o que tem sido a norma.

Espera-se que no futuro, as taxas de transação da rede Bitcoin ultrapassem o valor recebido por subsídio de bloco. Dessa forma, os mineradores terão a receita da sua atividade majoritariamente fornecida por custos de transações de usuários.

Dados do BlockTrends Research revelaram este mês que, na verdade, esse fenômeno já ocorreu outras 5 vezes na história da blockchain. Como foi escrito no relatório #13 – No Bitcoin, o caos gera a evolução natural do sistema

“Já houve ao menos 5 momentos na história onde os ganhos provenientes de taxas de transações ultrapassaram a recompensa por emissão de novos bitcoins. Isto ocorreu em 2013, 2016, 2017 e nesta semana dia 8 de maio.

É possível que vejamos mais destes eventos ocorrerem no futuro a medida que maior demanda por espaço de bloco apareça.”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil