Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Preço do bitcoin sobe e ultrapassa US$ 24 mil no mercado

Criptomoeda enfrenta onda de valorização e acumula mais de US$ 5 mil de aumento no mês.

O preço do bitcoin (BTC) está enfrentando uma onda otimista no mercado cripto. Nesta segunda-feira (8), a criptomoeda ultrapassou US$ 24 mil depois de acumular uma valorização de quase 5% no dia.

Nas últimas 24 horas, o preço do bitcoin atingiu US$ 24.203,69. Esse valor representa a máxima da criptomoeda no dia, após uma mínima de US$ 23.115,70 no mesmo período.

Atualmente, a dominância do bitcoin representa 40,6% no mercado cripto. Enquanto isso, a capitalização total da moeda digital é de cerca de US$ 457 bilhões. A criptomoeda vivencia uma onda de valorização que começou no início de julho de 2022.

Desde então, o preço do bitcoin voltou a ser cotado acima de US$ 20 mil, com uma valorização de US$ 5 mil no último mês. De acordo com o analista on-chain do BlockTrends, essa alta é reflexo de uma possível mudança na política monetária internacional.

“A atual alta do Bitcoin está intrinsecamente relacionada às expectativas gerais de pico na inflação e eventual inversão de um política monetária mais hawkish para dovish ou menos contracionista.”

Preço do bitcoin apresenta variação


Alguns indicadores estão influenciando na valorização do preço do bitcoin nesta semana. Conforme destaca Cauê Oliveira, o mercado spot está apresentando uma movimentação diferente do mercado futuro.

Imagem: CoinMarketCap

Dessa forma, o analista on-chain do BlockTrends orienta que o mercado futuro experimenta uma visão mais otimista com uma corrida nos preços. Ele diz ainda que a movimentação spot da criptomoeda ainda está com um volume baixo e voltado para operações de venda, ao contrário do mercado futuro.

“Apostadores de curto prazo têm alocado bastante capital em instrumentos de derivativos e começam a aparecer divergências na movimentação spot e futuros, sendo que as transações spot permanecem baixas em tendência de distribuição enquanto mercado futuro transaciona bullish.”

O que fez a criptomoeda subir


O preço do bitcoin está sendo influenciado por um aumento da inflação em economias como os Estados Unidos. Esse índice pode ter chegado ao seu ápice, o que deve reforçar a valorização da criptomoeda no mercado.

Além disso, a entrada de capital de investidores institucionais no mercado cripto pode ter reverberado na valorização do preço do bitcoin na semana. Cauê Oliveira destaca ainda a atualização que a rede Ethereum enfrentará no próximo mês, como sendo um catalisador para essa alta.

“Neste momento, o mercado no geral precifica um pico de inflação, entrada de novos institucionais e o lançamento do Ethereum PoS. Todos estes fatores colaboraram para a recente alta, que se intensifica através de apostadores de curto prazo.”

Embora tenha ultrapassado US$ 24 mil no mercado nesta segunda-feira (8), nas últimas horas o preço do bitcoin sofreu uma pequena correção. Agora, a criptomoeda está sendo cotada em US$ 23.932, através do par BTC/USD.

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.

Notícias relacionadas