Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

ORDI, token do Bitcoin, sobe 850% e atinge US$ 1 bilhão em valor de mercado

O padrão do token é o BRC-20, um formato de inscrição em satoshi que identifica-os como fungíveis entre um determinado grupo marcado com a tecnologia.

O token ORDI, impulsionado pelos Bitcoin Ordinals, alcançou um marco significativo ao atingir um valor de mercado de US$ 1 bilhão. Desse modo, a valorização do token ocorre após um impressionante aumento de 850% em um mês. O padrão do token é o BRC-20, um formato de inscrição em satoshi que identifica-os como fungíveis entre um determinado grupo marcado com a tecnologia.

Como a alta do Bitcoin influencia os Ordinals?

Portanto, o token ORDI se tornou o primeiro token BRC-20 a ultrapassar o limite de mercado de US$ 1 bilhão. Dados da CoinGecko revelam que o token atingiu um pico de mais de US$ 65 em 5 de dezembro, marcando um aumento de 850% em relação ao seu valor de US$ 6,80 em 5 de novembro.

Desde então, o valor do token caiu um pouco, sendo negociado abaixo de 61 dólares. No entanto, isso ainda representa um aumento massivo de 2.000% em relação ao seu ponto mais baixo de todos os tempos, de US$ 2,86, em em 11 de setembro.

Casey Rodarmor lançou o Bitcoin Ordinals, a plataforma por trás do token ORDI, em janeiro. A plataforma suporta a inscrição de conteúdo na blockchain do Bitcoin, incluindo Tokens Não Fungíveis (NFTs) e novos tokens usando o padrão de token BRC-20.

Além dos tokens ORDI, existem outras memecoins BRC-20 dentro da rede Bitcoin, como PIZZA, ou SATS. Contudo, muitos veem os tokens como satoshis comuns, que podem ser usados da mesma forma.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin