Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Luiz Barsi, megainvestidor, volta a atacar Bitcoin; “não existe”, diz

Em tom de brincadeira, Barsi diz que seria pior comprar um bitcoin do que emprestar dinheiro para um cunhado.

Luiz Barsi, o mega investidor da bolsa brasileira de ações, atacou novamente o Bitcoin em uma entrevista para o canal Ações Garantem Futuro. Barsi é apelidado de “Warren Buffett brasileiro“, uma vez que fez fortuna na Bolsa brasileira. Contudo, as críticas não são novas. O megainvestidor já expôs a mesma opinião sobre a criptomoeda antes. Suas teses incluem ações de empresas sólidas que paguem bons dividendos.

Em tom de brincadeira, Barsi diz que seria pior comprar um bitcoin do que emprestar dinheiro para um cunhado. Segundo ele, “Bitcoin não existe”. A criptomoeda, é “apenas um jeito novo de tomar dinheiro das pessoas”.

As afirmações dele são após o mesmo perguntar se alguém já viu um Bitcoin, insinuando que por não ser fisicamente tangível, aquilo não valeria ou sequer existiria. Barsi comenta na entrevista sobre suas teses de investimentos, como ele avalia as empresas em que investe na bolsa de valores, e qual sua meta de vida aos 84 anos, acumulando 1 milhão de reais diariamente com dividendos.

Ademais, Luiz Barsi é um dos investidores individuais mais bem-sucedidos do Brasil, e uma das figuras mais influentes no mercado de ações brasileiro. Ele acumulou cerca de RS$4 bilhões de reais em ativos com sua tese. Em 2021, Barsi mencionou que recebeu R$300 milhões em proventos apenas naquele ano.

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.

Notícias relacionadas