Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Tecnologia

Inteligência artificial do Google está fazendo “residência” e quer se formar

A ferramenta entrou em testes no hospital de pesquisa da Mayo Clinic nos EUA, e outros, desde abril.

O Google recentemente anunciou o Med-PaLM 2, uma ferramenta de Inteligência Artificial projetada para responder perguntas sobre informações médicas. A ferramenta entrou em testes no hospital de pesquisa da Mayo Clinic nos EUA, e outros, desde abril, segundo noticiou o The Wall Street Journal.

O Med-PaLM 2 é um modelo do PaLM 2, inteligência artificial voltado para a linguagem generativa, anunciado no Google I/O em maio deste ano. O modelo é o mesmo utilizado no Bard, o “ChatGPT do Google.”

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

De acordo com o WSJ, que cita um e-mail ao qual teve acesso, o Google acredita que o modelo atualizado pode ser especialmente útil em países com “acesso mais limitado a médicos”. O Med-PaLM 2 passou por treinamento utilizando um conjunto selecionado de demonstrações de especialistas médicos. Portanto, o Google acredita que o tornará melhor em conversas sobre saúde do que chatbots gerais como Bard, Bing e ChatGPT.

O artigo também mencionou a pesquisa que o Google tornou pública em maio. A pesquisa mostra que, o Med-PaLM 2 ainda sofre de alguns dos problemas de precisão, chamados de alucinações. As alucinações são erros, em que o chatbot usa um dado incorreto para tentar justificar uma resposta.

“Dr. Google” ainda alucina

Contudo, no estudo, os médicos encontraram mais imprecisões e informações irrelevantes nas respostas fornecidas pelo Med-PaLM e Med-PalM 2 do Google do que as de outros médicos.

Ainda assim, em quase todas as outras métricas, o Med-PaLM 2 teve um desempenho mais ou menos tão bom quanto os médicos reais. Entre elas, o chatbot conseguiu mostrar evidências de raciocínio, respostas apoiadas por consenso e não mostrar sinal de compreensão incorreta.

O WSJ relata que os clientes que testam o Med-PaLM 2 controlarão seus dados, que serão criptografados, e o Google não terá acesso a eles.

De acordo com o diretor sênior de pesquisa do Google, Greg Corrado, o WSJ diz que o Med-PaLM 2 ainda está em seus estágios iniciais. Corrado disse que, embora não queira que isso faça parte da “jornada de saúde” de sua própria família, acredita que a IA “toma os lugares na saúde onde pode ser benéfica e os expande em 10 vezes”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda Criptomoeda ENA contraria Bitcoin e dispara 20% hoje A ‘retaliação’ de Musk: 50% de desconto na Starlink ou internet de graça