Artigo

Bloco 630.000

Bitcoin reduz a oferta enquanto Bancos Centrais ligam a impressora


Por Fernando Carvalho
Maio 11, 2020

1.682

Mensagem escrita no último bloco de bitcoin minerado com subsídio de 12,5 BTC.

Em 11 de maio de 2020, o subsídio pago aos mineradores da rede bitcoin para confirmação de blocos foi dividido pela metade, movimento conhecido como halving. Como a produção diária de novos bitcoins diminuirá de cerca de 1.800 para cerca de 900, há muita discussão sobre o impacto deste movimento no preço do Bitcoin.

Quando o bitcoin foi criado, o cronograma de inflação foi publicado e integrado ao código de programação da rede. A cada bloco, o minerador cria uma quantidade limitada de novos bitcoins, e esse subsídio funciona com dois papéis claros na rede: o primeiro é o de ser o mecanismo de emissão de novos bitcoins; e o segundo é o de atuar como incentivo para os participantes da rede que investem seu poder computacional para realizar a confirmação e propagação para a rede dos novos blocos. Além do próprio subsídio por bloco, esses participantes também recebem as taxas cobradas pelas transações confirmadas neste bloco.

Tudo sobre blockchain, investimentos e economia.

Assine a nossa newsletter

BLOCKTRENDS

Assine Grátis nossa Newsletter e acompanhe as tendências sobre blockchain, investimentos e economia.

A produção de novos bitcoins foi inspirada no funcionamento e escassez dos metais preciosos, como o ouro, porém com uma importante diferença: a previsibilidade. O suprimento total de bitcoins permanecerá um pouco abaixo dos 21.000.000 por um longo período, imposto pelas regras de protocolo da rede bitcoin. Por outro lado, no caso do ouro e de outros metais preciosos, novas reservas e métodos para extraí-los continuam sendo descobertos, trazendo certa imprevisibilidade sobre sua escassez.

O cronograma de inflação previsto na rede bitcoin segue três regras simples e imutáveis:

  1. O subsídio inicial foi de 50 BTC por bloco;
  2. O subsídio se reduz pela metade a cada 210.000 blocos;
  3. A produção total de bitcoins está limitada a 21.000.000 de unidades

Onze anos após o primeiro bloco minerado, a rede bitcoin se aproxima do seu terceiro ciclo de subsídios. O primeiro ciclo terminou em 28 de novembro de 2012, quando o subsídio foi reduzido de 50 BTC para 25 BTC. Naquela época, tentativas de manter o subsídio de 50 BTC por bloco indefinidamente foram rejeitadas pela rede. Neste primeiro ciclo foram produzidos 50% dos 21.000.000 bitcoins.

O segundo ciclo reduziu a produção de 25 BTC para 12,5 BTC por bloco, em 9 de Julho de 2016, e produziu 25% do suprimento total com 5,25 milhões de bitcoins.

Agora, o terceiro ciclo é esperado para iniciar em 11 de maio de 2020, e limitará os mineradores a receberem apenas 6,25 BTC por bloco, a partir do bloco 630.000, e produzirá 12,5% de todos os bitcoins em circulação.

Portanto, em tempos de “afrouxamento quantitativo” e forte movimento de bancos centrais globalmente para impressão de moedas soberanas sem limites, o Bitcoin passará por um “fortalecimento quantitativo” contrário às macrotendências.

Tudo sobre blockchain, investimentos e economia.

Assine a nossa newsletter

BLOCKTRENDS

Assine Grátis nossa Newsletter e acompanhe as tendências sobre blockchain, investimentos e economia.

Embora seja difícil prever movimentos de preços de uma moeda descentralizada em eventos específicos, os dois primeiros halvings foram seguidos por aumentos significativos no preço do Bitcoin. No primeiro, em novembro de 2012, o preço do Bitcoin subiu de US$ 2 para US$ 12, alguns meses depois em abril de 2013 chegou a US$ 266 e em novembro de 2013 superou os US$ 1.000. O segundo halving foi precedido por uma alta relativamente modesta de US$ 450 no final de maio para US$ 770 em meados de junho. No entanto, um mês depois, começou uma tendência de alta de 17 meses que culminou no atingimento da maior cotação do bitcoin até o momento, os US$ 20.000 de dezembro de 2017.

O movimento do halving do bitcoin em 2020 traz um novo elemento: além da redução da oferta do ativo, um cenário econômico global extremamente impactado pela crise iniciada pela pandemia do COVID-19. Num ciclo econômico e monetário histórico, ou até sem precedentes, é importante observar como se comportarão os preços de ativos escassos em tempos de pandemia.

Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

1.682 views
cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail
Close Bitnami banner
Bitnami