Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Base, segunda camada da Ethereum, supera Solana em TVL

O protocolo Friend.Tech, e a recente adição de aplicações DeFi renomadas, como UniSwap e Aave, à blockchain nas últimas semanas impulsionaram o crescimento da Base.

A Base, blockchain de segunda camada da Coinbase, ultrapassou a Solana. Desse modo, a rede agora é a nona maior blockchain em valor total bloqueado (TVL), segundo dados da DeFiLlama. Nesse sentido, os protocolos DeFi construidos em cima da Base acumularam depósitos de  US$ 370,50 milhões no total. Em comparação com os $310,25 milhões da Solana.

Além disso, entre os protocolos de segunda camada da Ethereum, a Base é atualmente a terceira maior rede em termos de valor transferido. Fica atrás apenas de Arbitrum e Optimism. Desse modo, a Base também é a rede mais ativa em comparação com o Ethereum e outras redes de segunda camada. Sua média diária de transações por segundo (TPS) é de 15,15.

O protocolo Friend.Tech, e a recente adição de aplicações DeFi renomadas, como UniSwap e Aave, à blockchain nas últimas semanas impulsionaram o crescimento da Base.

Nas últimas duas semanas, o Friend.tech liderou o aumento dos depósitos e atividades da Base. O Friend.tech é uma plataforma de mídia social com contas tokenizadas, onde apenas usuários que possuem as “Keys” de contas específicas têm acesso a grupos de chat privados.

A quantidade de “Keys” do Friend.tech compradas e vendidas aumentou desde 9 de setembro, atingindo um novo pico de 539.810 transações em 13 de setembro. Desde 9 de setembro, os usuários depositaram mais de US$ 130 milhões no aplicativo, elevando o número total de depósitos de pouco mais de US$ 100 milhões para US$ 230 milhões atualmente.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil