Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Taxa de Hash do Bitcoin atinge novos recordes históricos

A taxa de hash alta indica que os mineradores estão voltando à ativa com força total, o que deixa o blockchain mais difícil seguro.

O poder computacional da rede Bitcoin atingiu recordes históricos neste fim de semana, tornando a maior criptomoeda do mundo mais segura do que nunca, segundo dados do BlockTrends research. Em suma, a taxa de hash alta indica que os mineradores estão voltando à ativa com força total, o que deixa o blockchain mais difícil ainda de ser alvo de um ataque hacker, por exemplo.

Bitcoin Taxa de Hash
(Fonte: BlockTrends Research)

A taxa de hash do Bitcoin (BTC) atingiu um novo recorde histórico durante este fim de semana. Portanto, seu aumento significa que o blockchain está mais seguro.. Além disso, também indica que os mineradores estão voltando a serem mais ativos. A taxa de Hash mostra o poder computacional voltado para atividades dentro do ecossistema Bitcoin, como a mineração e validação de transações.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Uma razão potencial para o último aumento da taxa de hash do Bitcoin é que os mineradores do Texas, nos EUA, “estão de volta à capacidade total (ou quase total)”, de acordo com um relatório do Hash Rate Index .

O relatório ainda diz que as temperaturas escaldantes no Estado do Texas ainda se mostraram “muito fracas para causar problemas substanciais” à rede elétrica do estado, o que significa que os mineradores poderiam retomar suas operações normalmente.

É provável que esse desenvolvimento também resulte no crescimento da dificuldade de mineração de Bitcoin, acrescentou o relatório, prevendo um ajuste antecipado que deve ocorrer no final desta semana acima de 7,5%.

Having do Bitcoin pode ter aumentado atividade

A dificuldade de mineração é o valor que representa o poder computacional necessário para minerar um único Bitcoin. A dificuldade é ajustada aproximadamente a cada duas semanas, levando em consideração a competitividade na rede. Ou seja, fica mais difícil à medida que mais mineradores entram na rede e também mais fácil quando eles saem.

Os mineradores são agentes do ecossistema do blockchain que transformam as transações em conjuntos de blocos. Ao fazer isso, emitem novos bitcoins no mercado, e retém uma quantia para si.

É importante destacar que, de acordo com a programação estabelecida por Satoshi Nakamoto, o criador anônimo do Bitcoin, a criptomoeda tem um limite máximo de fornecimento de 21 milhões de unidades. No entanto, a cada quatro anos, ocorre o halving, um evento em que os mineradores têm sua emissão reduzida pela metade.

O próximo halving está previsto para acontecer no ano que vem. Devido a isso, também pode explicar a crescente demanda por mineradores durante um mercado de baixa. Por conta da mineração, é possível calcular que a última criptomoeda será emitida apenas em 2.140.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Ex-CEO da Binance pode ser condenado a 3 anos de prisão (não 4), e pede desculpas Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, desapareceu há exatos 13 anos Google é forçado a desincentivar novos candidatos políticos Magic Eden adiciona suporte para Runes do Bitcoin Dona da CazéTV agora pertence à XP Inc e vai expandir globalmente