Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

El Salvador: presidente Nayib Bukele lança candidatura à reeleição

Em discurso, Bukele enfatizou a necessidade de mais cinco anos para continuar melhorando El Salvador.

Nayib Bukele, presidente de El Salvador, oficializou sua candidatura para as eleições de fevereiro de 2024, apesar de críticas sobre isso ser uma violação da constituição do país. Conhecido por seu apoio ao Bitcoin, Bukele recebeu amplo apoio popular em 26 de outubro, após sua indicação oficial pelo partido Neuvas Ideas.

Em discurso, Bukele enfatizou a necessidade de mais cinco anos para continuar melhorando El Salvador. Bukele, que assumiu o poder em 2019, rompeu com três décadas de domínio bipartidário no país.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

“Gritando ‘mais cinco, mais cinco e nem um passo atrás’, Nayib Bukele faz o seu discurso diante de milhares de salvadorenhos depois de registar a sua candidatura presidencial à reeleição. ‘Precisamos de 5 anos para continuar a melhorar o nosso país’”, relata o jornalista.

Apesar de sua popularidade, críticos como o advogado salvadorenho Alfonso Fajardo apontam que a constituição proíbe um segundo mandato consecutivo. No entanto, em setembro de 2021, a Suprema Corte de El Salvador decidiu que presidentes podem concorrer em eleições consecutivas.

“Hoje é um bom dia para lembrar que a reeleição presidencial imediata é proibida até 7 vezes pela Constituição. Apenas”, diz Fajardo.

O partido Nuevas Ideas, apoiado por 70% da população votante, enfrenta oposição da FMNLB, que questiona a constitucionalidade da adoção do Bitcoin por Bukele. Apesar disso, Bukele e El Salvador legalizaram o Bitcoin como moeda em setembro de 2021 e implementaram políticas para fortalecer a economia através da inovação tecnológica.

Bukele também ganhou reconhecimento pela sua forte repressão ao grupo criminoso MS-13, o que contribuiu para uma significativa redução na taxa de homicídios no país. Contudo, a ONU e outros críticos acusam El Salvador de violar direitos humanos ao prender 65.000 pessoas sem direito à defesa. A eleição presidencial está marcada para 4 de fevereiro de 2024.

El Salvador

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas