Investimentos

Grandes investidores liquidam R$ 29 bilhões em bitcoins no trimestre

Mais de 236 mil unidades da criptomoeda foram vendidas entre maio e julho de 2022.

Investidores institucionais e plataformas cripto realizaram grandes operações de venda de bitcoin recentemente. Em menos de três meses, quase R$ 30 bilhões da criptomoeda foram liquidados no mercado.

A maioria das operações de venda foram realizadas por empresas cripto que enfrentaram problemas de liquidez. Algumas até declararam falência nos últimos dias, como a Celsius Network, por exemplo.

A venda de mais de 236 mil bitcoins coincide com a chegada do bear market. Desde o início de maio de 2022, investidores institucionais e empresas cripto venderam R$ 29,91 bilhões considerando a cotação atual.

Imagem: Arcane Research

De acordo com dados da Arcane Research, as operações de venda da criptomoeda correspondem a grandes movimentações de negócios como Fundação Luna, Three Arrows Capital (3AC) e Celsius Network.

O analista on-chain do BlockTrends, Cauê Oliveira, afirma que nem sempre grandes investidores podem ser considerados ‘baleias’. O termo é utilizado para identificar usuários que movimentam milhares de bitcoins.

No caso dessas empresas, o despejo de bitcoins aconteceu após problemas de liquidez e grande risco de liquidação em empréstimos em plataformas cripto. Cauê Oliveira lembra que o bear market afetou praticamente todo o mercado.

“O ‘bear market’ de fato afeta todos no mercado. Por mais que muitos acreditem que as ‘baleias’ estão sempre lucrando, isto não é verdade, nos últimos dois meses a 3AC, Voyager, Celsius, entre outras, movimentaram grandes quantidades de bitcoin.”

Venda de bitcoins no trimestre


O preço do bitcoin caiu mais de 50% nos últimos três meses. O gráfico da Arcane Research mostra que a primeira grande venda da criptomoeda no mercado aconteceu no dia 10 de maio de 2022.

No total, mais de 80 mil bitcoins foram colocados à venda pelo protocolo que entrou em colapso. Enquanto isso, a empresa Three Arrows Capital se desfez de mais de 40 mil unidades da criptomoeda.

Assim como a 3AC, a Celsis Network declarou falência depois de vender bitcoins no mercado. A plataforma de empréstimos cripto vendeu quase 22 mil unidades antes de apresentar o pedido de falência.

A venda de criptomoedas pela Tesla também endossa a lista de investidores institucionais apresentada no relatório. A empresa criada por Elon Musk se desfez de 75% dos bitcoins que a empresa possuía. Ou seja, além da Tesla, mineradores venderam quase 20 mil bitcoins entre maio e junho de 2022.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.
Faraó do Bitcoin declara R$60 milhões em campanha política Brasil volta a crescer e PIB sobe 0,69% em junho Quanto os bilionários brasileiros já perderam em 2022 Como o Flamengo saiu da falência para o maior orçamento do Brasil Inflação mensal na Argentina supera a anual no Brasil em Julho