Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

Trabalhador poderá investir FGTS na privatização da Eletrobras

Em vias de ser privatizada, a Eletrobras deverá contar com investimento de trabalhadores via FGTS

Com R$405 bilhões em ao menos 88 milhões de contas, o FGTS tem sido alvo de críticas por conta do seu retorno historicamente baixo.

Mesmo com as mudanças recentes, o descontentamento dos detentores do fundo segue crescendo, tendo em vista os saques realizados em oportunidades, como o saque aniversário.

Na prática, o fundo recompensa seus detentores com metade do lucro obtido pelo gestor, a Caixa Econômica.

Na ponta do lápis, o rendimento equivale a cerca de 1 a 2% ao ano, acrescido da taxa de remuneração fixa de 3%.

Em tempos de Selic em alta, acima de 12%, os retornos se tornaram novamente insuficientes. 

E as razões para isso não chegam a ser estranhas. Historicamente o FGTS tem sido uma espécie de poupança forçada, na qual o trabalhador CLT é obrigado a participar. 

Isso ocorre pois o fundo destina recursos para áreas como habitação e saneamento (na maior parte), cuja remuneração é menor do que outros investimentos tradicionais.

Forçados a contribuir com empréstimos a juros baixos, os trabalhadores veem seu dinheiro perder valor, tendo em vista um retorno menor do que a inflação.

Agora, em meio a privatização da Eletrobras, uma nova opção de saque deve estar disponível, ou quase isso.

Os detentores do FGTS poderão destinar até 50% dos seus recursos em conta para comprar quotas de um Fundo, que por sua vez irá comprar ações da Eletrobras.

A prática não é nova, já tendo sido utilizada para capitalizar a Petrobras e a Vale.

No caso atual, assim como no da Vale, o investidor passa a ser sócio de um empresa privatizada.  

O investimento mínimo será de R$200.

É importante ressaltar, porém, que o trabalhador não será detentor de ações da Eletrobras, mas sim de quotas do fundo, e no caso de decidir vender tais quotas, os valores retornarão para sua conta do FGTS, podendo ser sacados apenas em caso de demissão ou no saque aniversário.

Clique aqui e inscreva-se agora em nosso canal do YouTube e fique por dentro das últimas novidades em cripto.

Notícias relacionadas



Warren Buffett sorteia Bitcoin no TikTok, mas óbvio que é golpe com DeepFake Brasil quer cobrar direito autoral da Amazon pelo uso do nome Há 10 anos, um universitário recebeu 22 Bitcoins após viralizar na TV Golpistas usam deepfake do Elon Musk para pedir doações em cripto; e conseguiram US$165 mil MPSC Bloqueia R$27,4 Milhões de Empresa Suspeita de Pirâmide Financeira