Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Suíça considera prisão para quem aquecer a casa acima de 19 graus

País historicamente neutro, a Suíça tem participado de sanções a Rússia e dos problemas energéticos noncon

A Suíça estaria considerando, dentre outras medidas, prisão para quem aquecer sua casa acima de 19 graus. 

As medidas fazem parte de uma forte restrição imposta pelo governo para lidar com a crise no suprimento de gás devido à guerra na Ucrânia.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

O ato extremo ainda está sendo considerado, mas é certo que o país deve adotar multas para aqueles que descumprirem as restrições.

As multas devem começar em $26 dólares por dia, podendo chegar a $3 mil dólares, segundo um porta-voz do ministério de Finanças do país.

As medidas fazem parte de um pacote publicado pelo ministério das finanças, que considera ainda ilegal aquecer piscinas ou utilizar saunas no país.

O governo suíço na figura de ministro da economia Guy Parmelin, assegurou que o país não possui uma cultura de estado policial, de modo que é preferível adotar multas, não devendo chegar ao caso extremo de prisão.

O gás natural é responsável por 15% do consumo final de energia da Suíça, com a Rússia sendo responsável por 47% do suprimento, com a Noruega vindo em segundo lugar (24%).

A alta de até 600% no preço do gás natural tem levado a adoção de medidas restritivas por toda a Europa. 

A despeito da posição histórica de neutralidade, que permaneceu inclusive na segunda guerra mundial, a Suíça vem adotando parcialmente as sanções da União Europeia à Rússia. 

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas