Artigo

Quem foi Mansa Musa, o homem mais rico que Jeff Bezos e Elon Musk juntos


Por Hugo Montan
novembro 11, 2021

[post-views]

Nos últimos anos o título de pessoa mais rica do mundo saltou entre nomes como Elon Musk, Jeff Bezos e Bernard Arnault, mas nenhum deles ainda chegou perto da fortuna construída por um rei africano chamado Mansa Musa.  

No mês de outubro ocorreu um fato um tanto quanto inédito no mundo dos bilionários, pela primeira vez na história, o patrimônio do homem mais rico do mundo ultrapassou a marca dos $300 bilhões. O homem em questão, Elon Musk, com sua participação na Tesla Inc. valorizando mais de 154% no ano. 

Mas se engana quem pensa que Musk é o homem mais rico da história, pelo contrário. Esse posto pertence a um homem não tão conhecido pela sociedade moderna, o rei africano Mansa Musa. 

Então, quem foi Mansa Musa e como ele adquiriu uma riqueza tão inimaginável? Aqui está tudo que você precisa saber sobre a pessoa mais rica de todos os tempos:

O “Rei dos Reis”

Musa nasceu em 1280, e Mansa significa ‘Sultão’ na língua nativa de Mandinka falada na região. Ele subiu ao trono em 1312 e em seu reinado de 25 anos, o Reino do Mali se expandiu intensamente para incluir as nações atuais de Senegal, Mali, Burkina Faso, Níger, Guiné e Costa do Marfim, dominando uma área de aproximadamente 1,2 milhão de quilômetros quadrados. 

Sob o comando de Musa, o império de Mali atingiu um status inimaginável de riqueza, proveniente das grandes posses de ouro, que segundo os historiadores “são impossíveis de mensurar”. 

Em 2014, a revista Money criou uma lista com as pessoas mais ricas de todos os tempos, na qual Musa ocupa a primeira posição, e em segundo lugar vem Augusto, primeiro imperador de Roma. A revista assumiu que Musa era “mais rico do que qualquer pessoa possa descrever”. 

Pesquisando um pouco mais a fundo, é possível se estabelecer um valor entre os $415 bilhões referentes à fortuna de Musa, o que corresponde a mais que o dobro da fortuna de Bezos. 

Mesmo sendo tão rico, quase todas as documentações históricas sobre o rei africano foram feitas devido a um acontecimento em específico, a grande peregrinação Hajj. A peregrinação a Meca é um dos cinco principais pilares do Islã, e Mansa Musa decidiu embarcar no Hajj em 1324-1325. 

Essa foi uma das maiores caravanas que já cruzaram o Saara, contando com uma comitiva que incluía 8.000 cortesãos, 12.000 servos e 100 camelos carregados de ouro puro.

Mas, não foi como qualquer outra viagem já testemunhada, Musa literalmente pavimentou seu caminho para Meca com ouro e colocou seu reino no mapa.

Musa era famoso por sua generosidade e piedade, ele construiu uma mesquita todas as sextas-feiras durante sua jornada e deu tanto ouro que desestabilizou a economia em partes da região por anos, além de desvalorizar consideravelmente o ouro.

Esse acontecimento fez com que quase todo o Egito fosse levado à crise, o “Rei dos Reis” doou tanto ouro para os pobres enquanto passava pelo Cairo, capital do Egito, que levou o preço do ouro a despencar em todo país, causando um verdadeiro colapso financeiro na economia egípcia. 

Quando Mansa Musa estava vivo, seu investimento na educação islâmica no Mali atraiu muitos estudiosos, poetas e artesãos muçulmanos para seu império. Eles se reuniram em Timbuktu, que rapidamente se tornou conhecida como uma das cidades mais proeminentes do mundo islâmico.

Musa governou o Império do Mali por cerca de 20 anos, durante esse tempo, ele estendeu o alcance de seus portos comerciais significativamente e se tornou um dos governantes mais poderosos de sua época, até sua morte, que é estimada entre os anos de 1332 e 1337. 


Você pode curtir também ler estes textos aqui:

COM 4 EM CADA 10 HABITANTES NA POBREZA, ARGENTINA SE ENCAMINHA PARA O 11° CALOTE

BUSER, A EMPRESA QUE QUEBROU O OLIGOPÓLIO RODOVIÁRIO SE VÊ AMEAÇADA PELA REGULAÇÃO

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail
Até o Fiat Marea valorizou mais que o Ibovespa 5 mitos do governo Lula que você sempre acreditou O quanto os primeiros investidores do Nubank lucraram As 5 NFTs mais bizarras já vendidas Petrobras vende refinaria e acaba com monopólio de 69 anos