Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

O que os bancos pensam sobre a atualização do Ethereum 

A atualização Shangai da rede Ethereum, prevista para hoje, levantou dúvidas de investidores diante da possibilidade de os tokens mantidos em staking serem sacados. Neste momento, ao menos 19 milhões de tokens do ETH são mantidos presos em um smart contract, permitindo a validação de transações na rede por meio de uma “Prova de consenso”. […]

A atualização Shangai da rede Ethereum, prevista para hoje, levantou dúvidas de investidores diante da possibilidade de os tokens mantidos em staking serem sacados.

Neste momento, ao menos 19 milhões de tokens do ETH são mantidos presos em um smart contract, permitindo a validação de transações na rede por meio de uma “Prova de consenso”.

Os tokens por sua vez são remunerados com as taxas de transação da rede.

Estes US$35 bilhões liberados para saques, ou vendas, tem sido motivo de especulação no mercado. Aqui algumas das opiniões. 

Para o JP Morgan, a liberação de saques deve gerar uma pressão vendedora ao menos de início. Segundo relatório do banco, ao menos 1 milhão de ETHs devem ser liberados na primeira semana, com entidades com problemas de caixa tendo acesso a recursos até então tratados.

O Bank of América por outro lado, não espera que o evento provoque mudança no preço do Ether, mas sim instabilidade na medida em que mais ETHs irão fluir para dentro e fora das exchanges.

A Coinbase por sua vez vê a atualização gerando uma pressão equivalente a 1-2% do volume negociados de ETH diariamente, não tendo portanto impacto significativo no preço.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas