Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

MB demite 8% da equipe para reorganizar operações

A empresa demitiu 45 colaboradores, e também afirmou estar sendo um dos pioneiros no ecossistema de criptoativos no Brasil.

O MB (Mercado Bitcoin) confirmou cortes de 8% de sua equipe, sob a justificativa de reorganizar suas operações, e redirecionar seus produtos. A empresa demitiu 45 colaboradores, e também afirmou estar sendo um dos pioneiros no ecossistema de criptoativos no Brasil.

“Há dez anos o MB se dedica a explorar o potencial da blockchain. Além disso, capturar oportunidades que vêm surgindo para a criptoeconomia nos mercados tradicionais. 

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Entre o final de 2022 e metade de 2023, o MB conquistou definitivamente os requisitos legais necessários para ser uma infraestrutura completa no Brasil, com a licença de funcionamento de Instituição de Pagamento, e em Portugal, com o aval da autoridade monetária local para transacionar e custodiar criptoativos”, diz.

Dessa forma, o MB afirma que o time de desenvolvimento e produtos segue contratando para “assegurar o ritmo de evolução” e, “inclusão de soluções e serviços na plataforma”, rebalanceando prioridades e algumas competências.

O que diz o MB?

“O MB está reorganizando suas operações para fazer frente a esses desafios e focar em iniciativas de alto impacto para os negócios. O ajuste resultou no desligamento de 45 colaboradores e na priorização das avenidas de crescimento dos negócios.”

Conforme colocado pela empresa, o MB tem mais de 300 pessoas espalhadas pelo mundo, focadas em desenvolver o mercado de criptoativos, avançar nos segmentos de Renda Fixa Digital, startups, banking, e atuar ativamente do Piloto Real Digital do Banco Central. “Projeto do qual temos orgulho de participar”, destaca o MB sobre o Drex.

Conforme o Valor, Roberto Dagnoni, presidente do 2TM, disse que a reestruturação focará em preparar o grupo, principalmente, para o modelo B2B. Dessa forma, capturando que surgem neste mercado junto com novos players vindos dos mercados tradicionais.

“Fazemos essa guinada para colocar um pouco mais de foco no B2B. Conseguimos 3,8 milhões de clientes, é muito parecido com o volume que a bolsa tem em ações. Agora é o momento de explorar ativos que construímos no setor”, disse.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas