Notícias

Exchange trava saques e alega problemas com a situação atual do mercado

Plataforma que recebeu investimento da Coinbase não tem data para restabelecer retiradas.

A exchange Zipmex suspendeu os saques na plataforma nesta quarta-feira (20). De acordo com comunicado da empresa, o problema aconteceu devido a volatilidade nos preços das criptomoedas no mercado.

A Zipmex atua principalmente no mercado cripto tailandês e oferece a negociação de criptomoedas como o bitcoin. Com a interrupção dos saques, os usuários foram impedidos de retirar qualquer valor na plataforma.

A empresa fala sobre “dificuldades financeiras” nas redes sociais e não estabeleceu uma data para a retomada de saques. O comunicado fala que os usuários serão notificados quando a retirada de valores for restabelecida.

“Devido a uma combinação de circunstâncias além do nosso controle, incluindo condições de mercado voláteis e as dificuldades financeiras resultantes de nossos principais parceiros de negócios, para manter a integridade de nossa plataforma, estaríamos pausando os saques até novo aviso.”

Coinbase investiu em exchange


A Zipmex recebeu uma oferta de venda da Coinbase, que estaria interessada em adquirir a exchange tailandesa. As negociações aconteceram no primeiro trimestre de 2022, mas não foram concluídas pelas partes envolvidas.

Sendo assim, no dia 9 de junho de 2022 a Coinbase desistiu do negócio, pouco tempo antes da interrupção dos saques na Zipmex. No entanto, a Coinbase realizou um investimento estratégico na empresa, sem divulgar o valor aportado no negócio que enfrenta problemas financeiros.

Além de atuar na Tailândia, a Zipmex é utilizada por usuários de outros países como Indonésia, Austrália e Cingapura. No total, a exchange possui mais de 200 mil usuários, segundo dados de agosto de 2021.

Ao mesmo tempo que trava os saques, a Zipmex tenta conseguir novos aportes para a plataforma, que pode lançar uma série B + de rodada de investimentos. Durante essa rodada de investimentos, a empresa pode ser avaliada em US$ 400 milhões.

Essa não é a primeira empresa cripto que suspende os saques no mercado. Recentemente, a Celsius Network interrompeu as retiradas na plataforma de empréstimos cripto, que pouco tempo depois entrou com pedido de falência, conforme noticiou o BlockTrends.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.
Faraó do Bitcoin declara R$60 milhões em campanha política Brasil volta a crescer e PIB sobe 0,69% em junho Quanto os bilionários brasileiros já perderam em 2022 Como o Flamengo saiu da falência para o maior orçamento do Brasil Inflação mensal na Argentina supera a anual no Brasil em Julho