Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Empresas brasileiras possuem o equivalente a 118 mil Bitcoins em cripto.

Dados da Receita Federal apontam que 45,1 mil CNPJs brasileiros possuem cerca de R$10,9 bilhões em criptos, o mesmo que 110 mil Bitcoins

Desde 2019 por meio da instrução normativa 1888, a Receita Federal brasileira tornou obrigatório que empresas declarem posses em criptoativos. 

Em 2022, apesar da queda no valor de mercado, o número de empresas que possuem cripto em suas declarações patrimoniais subiu exponencialmente. 

Em janeiro de 2022, cerca de 9,5 mil empresas possuíam cripto. Em novembro, a Receita Federal apontou que ao menos 45,1 mil empresas possuíam algum investimento em criptoativos, representando uma alta de 300% no ano.

O valor declarado pelas empresas equivale a cerca de R$10,9 bilhões, ou o mesmo que 118 mil Bitcoins no preço de hoje. Trata-se de um valor similar aquele detido pela Microstrategy, a empresa de softwares para negócios que se tornou pioneira em adicionar Bitcoin as suas reservas de capital em agosto de 2020.

A empresa, comandada por Michael Saylor, chegou a vender bitcoins apenas uma vez, para realizar prejuízos e reduzir os impostos pagos no ano de 2022. Logo na sequência a companhia comprou os bitcoins novamente, atualizando seu valor contábil. 

A Microstrategy possui 132,5 mil Bitcoins a um preço médio de US$30,7 mil.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin