Artigo

Citi, Goldman Sachs e Itaú preveem investir em Bitcoin


Por Hugo Montan
Agosto 30, 2021

[post-views]

Citi, Itaú e Goldman Sachs estabeleceram bases para lançar negociações de contratos futuros de Bitcoin em suas plataformas. 

O Citi informou que, devido a um aumento no interesse de clientes, estava considerando o lançamento de serviços de criptografia em negociações, custódia e financiamento.

Os futuros do Bitcoin devem ser negociados na bolsa de derivativos americana CME Group após as aprovações regulatórias relevantes.

O lançamento de futuros de Bitcoin no Citi pode representar um marco significativo para o mercado de criptomoedas, que algumas instituições importantes continuaram a manter à distância. Embora a falta de estrutura regulatória e de infraestrutura continue sendo uma barreira à entrada para alguns, o aumento da demanda pressiona cada vez mais a disponibilização. 

Nos EUA, o Goldman Sachs tem tomado a dianteira no mercado de criptoativos e foi a primeira grande instituição bancária a oferecer derivativos de Bitcoin. No Brasil, a Kinea, pertencente ao banco Itaú, também estuda e considera a operação que deve se centrar em Bitcoin. 

“No momento, estamos considerando produtos como futuros para alguns de nossos clientes institucionais, já que operam sob fortes estruturas regulatórias. Dadas as muitas questões em torno de estruturas regulatórias, expectativas de supervisão e outros fatores, estamos sendo muito cuidadosos sobre nossa abordagem.” disse um porta-voz do Citi à Business Insider em um comunicado.


Você pode curtir também ler estes textos aqui:

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail