Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Revolut encerrará serviços de cripto nos EUA

A empresa tomou a decisão devido ao desafiador ambiente regulatório no país, que tem gerado incertezas.

A Revolut, fintech global, anunciou que encerrará seus serviços de criptomoedas nos Estados Unidos. A empresa tomou a decisão devido ao desafiador ambiente regulatório no país, que tem gerado incertezas para ela.

A partir de 2 de setembro, os clientes da Revolut nos EUA não poderão mais fazer pedidos de compra de criptomoedas, conforme noticiou o The Block. Contudo, os clientes ainda poderão continuar a fazer vender seus ativos até este dia. Desse modo, a negociação de criptomoedas será encerrada no dia 3 de outubro.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Portanto, em um cenário onde os usuários da Revolut nos EUA não venderem suas criptomoedas antes de 2 de outubro, a empresa liquidará qualquer saldo remanescente no dia seguinte. Nesse sentido, os usuários receberão o mesmo preço de mercado para cada token naquele momento.

A decisão não afeta os clientes da Revolut fora dos EUA e, segundo um porta-voz disse ao The Block, impacta menos de 1% dos clientes de criptomoedas da empresa em todo o mundo.

Além disso, após a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA classificar certas criptomoedas como títulos não registrados, a empresa tomou a decisão de retirá-las. Desse modo, a Revolut obrigou seus usuários nos EUA que possuíam tokens como MATIC, SOL e ADA a vendê-los antes de 18 de setembro.

A Revolut iniciou suas operações no Brasil em 2 de maio de 2023. No país, a empresa oferece serviços de venda de criptomoedas desde o início de suas operações. A empresa disponibilizou a venda de 90 tokens diferentes.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas