Economia

Prêmio de R$1,5 milhão do BBB22 é menor do que os R$500 mil em 2001

Com uma receita estimada em R$690 milhões apenas com cotas de publicidade, o BBB22 deve pagar ao vencedor desta edição um prêmio menor do que sua primeira edição há 20 anos, graças à inflação.

O sucesso de audiência nas últimas edições tem catapultado a receita da Rede Globo com o Big Brother Brasil. Somente com publicidade a edição deste ano deve faturar R$690 milhões, pagos por patrocinadores como Americanas, PicPay, Avon, C&A e outros.

Como ressalta a Bloomberg em uma matéria sobre o programa, seu custo reduzido de produção (estima-se que apenas 200 pessoas estejam envolvidas no programa), torna o BBB o programa de maior rentabilidade da emissora.

O resultado, porém, vai além da publicidade. O BBB tem sido um dos grandes responsáveis por elevar a base de assinantes da GloboPlay, a aposta da emissora carioca no Streaming, e que deve faturar R$1 bilhão neste ano.

Apesar do sucesso, o programa não tem sido tão generoso em premiações diretas. O prêmio principal, dado ao vencedor do programa, deve ser o mesmo das últimas 10 edições: R$1,5 milhão.

Considerando o IPCA, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o valor é menor do que os R$500 mil pagos a Kleber Bambam, vencedor da primeira edição, isso porque, em valores de hoje, o prêmio de Bambam equivaleria a R$1,66 milhão.

As correções feitas pelo programa foram poucas, com o valor de R$500 mil sendo corrigido para R$1 milhão na sexta edição, e R$1,5 milhão na décima edição.

Ainda assim, a diferença no prêmio (que caso tivesse sido corrigido com base em 2010 chegaria a R$3,03 milhões), pode ser considerada irrelevante, tendo em vista as mudanças de direcionamento dados pela produção do programa.

Conforme noticiou o jornal O Globo, Juliette, a campeã da última edição, faturou cerca de R$45 milhões com publicidade.

O foco nas redes sociais foi uma mudança de tom adotada na edição 21 do programa, tendo colaborado para a emissora ampliar seu faturamento em cerca de R$220 milhões em relação à edição de número 20.

Faturamento do BBB equivale a 70% da Folha de Pagamento da Globo e a 4 vezes o lucro da emissora

Os R$690 milhões de cotas de patrocínio direto equivalem a cerca de 70% do total da Folha de Pagamentos da emissora.

O valor torna o programa a segunda atração mais rentável da Globo, logo atrás do futebol, que deve faturar cerca de R$5 bilhões em 2022. A diferença, porém, está no custo de produção. O futebol deve repassar entre R$2-3 bilhões apenas em direitos de transmissão.

Ainda no caso do futebol, o demonstrativo da empresa considera receitas de TV por assinatura, o que não entra na contabilidade do BBB.

O programa tem sido apontado como um dos principais responsáveis por elevar em 62% o número de assinantes no streaming.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.