Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Imóveis são 4x mais usados para lavar dinheiro que criptomoedas, mostram pesquisas

elatório da Europol com base em informações de 821 redes criminosas ativas da região mostra que imóveis são o principal veículo de lavagem de dinheiro (41%).

Muitos ainda olham para o mercado de criptomoedas e imaginam que são ferramentas para praticar crimes como lavagem de dinheiro. Contudo, pesquisas recentes de instituições globais como Europol e Departamento de Justiça dos EUA mostram que imóveis, artigos de luxo e dinheiro são os meios mais usados na lavagem de dinheiro do que criptomoedas.

Criminosos preferem imóveis à criptomoedas

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Dados da Chainalysis mostram que a participação de transações ilícitas no mercado de criptomoedas foi de 0,34% em 2023, ante 0,42% no ano anterior, ao mesmo tempo que o valor dos ativos digitais recebidos por endereços ilícitos vem diminuindo ano a ano.

Em entrevista ao BlockTrends, Jason Somensatto, head de Public Policy da Chainalysys para América do Norte, conta mais sobre o cenário. Conforme conta, em 2023, o número total de volume com relação ao crime foi de cerca de US$ 24 bilhões.

“É um valor significativo. No entanto, isso representa menos de 1% do volume total de transações que observamos onchain”, afirmou. Ele também conta como é o process da coleta destes dados na empresa de análise.

“Nós ingerimos todos os dados das blockchains que suportamos e sobrepomos essas informações com dados de endereços específicos atribuídos a serviços particulares. Essa validação é feita por nossa equipe de analistas e investigadores, além de recebermos informações de nossos clientes do setor privado e público”, disse.

Empresas globais do ecossistema blockchain e de criptomoedas vêm investindo para aumentar a segurança e o controle de suas plataformas. Ao mesmo tempo, as empresas intensificam os esforços de combate e investigação de atividades ilícitas, muitas vezes em parceria com autoridades governamentais.

A Binance, uma das maiores corretoras do mundo, afirmou que aumentou os investimentos em conformidade em 35%, para US$ 213 milhões, somente em 2023. A corretora tem mais de 500 profissionais atuando exclusivamente em conformidade e investigações.

Além disso, conforme conta Somensatto, a preferência de criptomoedas por criminosos varia de acordo com o crime. “Atores de ransomware, por exemplo, preferem Bitcoin porque stablecoins podem ser rastreadas mais facilmente. Outros tipos de crimes podem usar diferentes ativos, dependendo das suas necessidades e do nível de anonimato requerido”, disse.

Europol: redes criminosas da UE preferem imóveis

Dados da Europol, Agência de Cooperação Policial da União Europeia, sugerem que não são criptomoedas, mas sim imóveis, bens de luxo e negócios com alta movimentação de dinheiro que servem como instrumentos predominantes de lavagem de dinheiro pelas principais redes criminosas da UE.

As criptomoedas, por sua vez, representam apenas uma pequena porcentagem. Relatório da Europol com base em informações de 821 redes criminosas ativas da região mostra que imóveis são o principal veículo de lavagem de dinheiro (41%).

Seguidos por bens de luxo (27%) e negócios intensivos em dinheiro, como hotelaria (20%). Embora as criptomoedas sejam listadas por críticos ao ecossistema como meio largamente usado por criminosos, elas representam 10% do total.

Abaixo de 1% dos fundos ilícitos globais

Como comparação, o recém divulgado Relatório de Crime Financeiro Global da NASDAQ mostra que o montante total de fundos ilícitos transacionados pelo sistema financeiro global no último ano atingiu a marca de US$ 3,1 trilhões, englobando tanto criptomoedas quanto moedas fiduciarias.

Portanto, o volume de fundos ilícitos de criptomoedas, de acordo com a Chainalysis, constitui exatamente 0,78% do volume total de fundos ilícitos globais, de acordo com a NASDAQ.

Tesouro: criptomoedas muito atrás dos métodos convencionais de lavagem de dinheiro

Todo ano, o Tesouro dos Estados Unidos publica as Avaliações Nacionais de Risco de Lavagem de Dinheiro, Financiamento do Terrorismo e Financiamento da Proliferação, detalhando as principais vulnerabilidades e riscos financeiros ilícitos que ameaçam os americanos.

A Avaliação de Risco de Lavagem de Dinheiro de 2024 observa as tendências existentes e emergentes nos riscos associados às criptomoedas. Contudo, o mesmo relatório declara explicitamente que “o uso de ativos virtuais para lavagem de dinheiro continua a permanecer muito abaixo do que moedas fiduciárias e métodos mais convencionais que não envolvem ativos virtuais”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway