Artigo

A importância da transparência para investir em criptomoedas


Por QR Capital
Dezembro 5, 2018

67

O mercado de investimentos em criptoativos é cercado por desafios. A começar, pela compreensão dos protocolos de cada token que podem variar de projeto para projeto: o Bitcoin, por exemplo, é uma espécie de dinheiro sem bancos; já o Ether é a moeda da rede Ethereum, uma plataforma que permite aos participantes fazer contratos para ficarem gravados numa rede descentralizada.

Ou seja, dois projetos, duas aplicações distintas, e ambos com muito potencial para quem deseja ganhar dinheiro como investidor. O problema é que o mercado está cheio de novas moedas virtuais, e entender o ponto de partida de cada iniciativa é apenas a primeira etapa. Com tantas opções, como identificar as moedas que darão mais retorno financeiro?

Um dos atalhos para quem está de olho nas perspectivas de alta rentabilidade das criptomoedas é entregar o serviço de gestão a uma empresa. No Brasil, depois do boom das corretoras de moedas digitais, começaram a surgir companhias especializadas no trade. O problema é que como ainda é um mercado em processo de regulação, são poucas as corretoras e gestoras do setor que dão destaque à transparência do negócio.

Atualmente, o cliente que investe por algumas empresas não faz ideia de como a carteira dele é gerida e tem dúvidas se seus criptoativos estão valorizando.

Para tentar mudar um pouco essa realidade, A QR Capital chegou ao mercado inaugurando um modelo para mudar essa realidade. E pela proposta da nossa empresa, a ideia é criar um marco dentro do mercado de criptoativos. Segundo a política de transparência, elaborada pela própria companhia, os clientes da QR têm acesso ao saldo diário dos ativos, o que permite o acompanhamento da performance da carteira 24h por dia. A QR também ampliou o esforço da transparência, contratando uma empresa de auditoria que publicará balanços trimestrais da empresa.

Acompanhe as tendências da indústria de blockchain.

Assine a nossa newsletter

BLOCKTRENDS

Assine nossa newsletter e acompanhe as tendências da indústria de blockchain.

Hoje, no mercado, são raros os exemplos de gestoras que fazem auditoria e deixam os relatórios disponíveis para a consulta dos clientes. Inclusive, até players mais antigos do mercado já manifestaram o desejo de adotar o processo de auditoria, mas até agora não fizeram disso um hábito. Por enquanto, o único modelo comum a todas as gestoras é o envio do extrato das operações feitas nos últimos 30 dias.

E exemplos de como a transparência pode ajudar no retorno de empresas não faltam. Segundo um estudo da consultoria Deloitte, no ano passado, feitas com empresas listadas na Bolsa de Valores brasileira, empresas com políticas de compliance consistentes valorizam suas ações 122% a mais de quem tem menos políticas de transparência. Para chegar ao resultado, a Deloitte analisou dados entre 2009 e 2017.

A partir do levantamento, é possível concluir que quem deseja diversifica investimentos, pode investir em criptomoedas, mas é preciso priorizar a transparência das corretoras e gestoras na relação com o cliente para a possibilidade do retorno ser ainda maior.

67 views
cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail
Close Bitnami banner
Bitnami