Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Rappers, trappers e celebridades são acusados de golpe com memecoins na Solana

A febre começou com o lançamento da memecoin $JENNER pela atriz Caitlyn Jenner. Junto dela, nasceu a $MOTHER, da cantora e rapper Izzy Azalea.

Nunca antes a unção do mercado de criptomoedas, memecoins e celebridades foi tão longe como atualmente. A rede Solana, movida pela criptomoeda SOL, está recebendo em seu ecossistema rappers, trappers e celebridades como Izzy Azalea, Lil Pump, Caitlyn Jenner e até Hulk Hogan.

A febre começou com o lançamento da memecoin $JENNER pela atriz Caitlyn Jenner. Junto dela, nasceu a $MOTHER, da cantora e rapper Izzy Azalea. O movimento se espalhou, e hoje até o trapper Lil pump tatuou o nome da Solana em sua testa.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +30 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

A Caitlyn Jenner estampou manchetes no final de maio de 2024 com o lançamento de seu token JENNER na blockchain Solana. A memecoin rapidamente atingiu um valor de mercado de mais de US$ 40 milhões.

Não querendo ficar para trás, a rapper Iggy Azalea seguiu o exemplo. Desse modo, ela lançou sua memecoin MOTHER, também na rede Solana. O ativo meme também disparou em valor após um início muito controverso, que será detalhado mais abaixo do texto.

Além de Jenner e Azalea, o cantor nigeriano Davido também entrou na onda com o lançamento de seu token DAVIDO. Outras celebridades menores, como o rapper Soulja Boy, também lançaram seus próprios tokens em meio ao crescente hype.

Já o trapper Lil Pump apareceu com uma tatuagem da Solana em sua testa. O artista também aparece frequentemente no mercado de memecoins há algumas semanas, junto de outras celebridades ainda sem tokens.

No entanto, muitos destes lançamentos envolvem polêmicas. No caso do cantor Davido, investidores alegam que o projeto começou com uma pré-mineração. Além disso, dizem que houve um grande despejo de tokens em cima dos que compraram depois. O movimento é famoso pelo nome por pump and dump.

Sahil Arora, a cabeça por trás de tudo?

Assim como Davido, as outras celebridades também não fugiram de acusações. Mas à essa altura, surge o verdadeiro vilão, ou bode expiatório, da história. Operando nas sombras e impulsionando esses lançamentos de memecoins parecia estar Sahil Arora.

Trata-se de um jovem empresário indiano conhecido por ostentar sua extensa rede de celebridades, pelas quais pagaria até US$ 300.000 por endossos.

Ele foi acusado de orquestrar lançamentos de criptomoedas memes de celebridades que aplicaram rug pull (puxada de tapete) logo depois. Para piorar, Arora já tem um longo histórico de acusações de golpe, que remontam a 2017 na Índia.

Os golpes aparentemente envolveram Arora atuando como intermediário no lançamento dessas memecoins de celebridades, com ou sem o conhecimento delas. Assim, incentivando-as a promover as memecoins de celebridades ou assumindo seus perfis no X para divulgá-las.

Contudo, logo depois de uma alta valorização, ele vende suas próprias participações para retirar liquidez. Um movimento do tipo faz o preço despencar.

Por exemplo, o rapper americano Rich the Kid afirmou no X que sua conta foi “hackeada” para promover uma moeda “por Sahil”. Na acusação, o rapper afirma que Sahil “fez um pump and dump e transferiu todo o dinheiro para sua conta”. Além disse, ele afirma que vai lançar sua memecoin oficial em breve.

Ainda segundo o rapper, isso aconteceu antes de bloquear as celebridades que supostamente enganou. Como resultado dessas acusações, Arora foi banido do X.

Hulk Hogan, lutador de WWE, também afirmou a mesma coisa. Em relato, após lançar sua memecoin, ele afirma que sofreu um hack. Contudo, o lutador excluiu todas suas publicações no X após os acontecimentos.

O token JENNER atingiu um valor de mercado de US$ 43 milhões dentro de horas após seu lançamento. Após todas as polêmicas, a memecoin da atriz caiu drasticamente para cerca de US$ 4,2 milhões. Caitlyn Jenner foi ao X para acusar Arora de enganá-la.

Assim nasceu a $MOTHER

Agora, o lançamento controverso da memecoin da Iggy é revelado. $MOTHER não foi a primeira memecoin da rapper, talvez a primeira oficial. Anteriormente, Arora supostamente postou capturas de tela falsas insinuando o envolvimento dela com o lançamento de IGGY, a primeira memecoin inspirada na rapper australiana.

A rapper posteriormente respondeu às alegações negando-as, e assim lançou seu próprio token, MOTHER, na blockchain Solana. Esta por sua vez, recebeu endosso da própria artista que afirmou ser “para baddies”. No entanto, $MOTHER tem disparado desde então, devido à promoção incessante de Azalea em suas redes sociais.

A memecoin tem um valor de mercado atual de US$ 188 milhões. Além disso, desencadeou uma torrente de projetos imitadores em seu rastro. Recentemente, a Izzy discursou sobre sua memecoin na NYSE, bolsa de valores de Nova York, como forma de marketing.

Atualmente, o movimento de memecoins de celebridades continua. Mas tanto Jenner quanto Azalea declararam nas redes sociais que Arora as “enganou” no primeiro momento, acusações que, claro, ele nega.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox diz que vai pagar US$ 8 bilhões aos credores semana que vem Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica