Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Missão NAVE visará aproximar comunidade Web3 brasileira da Ásia

Dados da Blockchain Week Ásia mostram que o mercado de blockchain da região Ásia-Pacífico crescerá 70,0% ao ano.

A segunda edição da Missão Nave tem como destino, a partir de setembro, países da Ásia, como Coréia e Singapura. Segundo a idealizadora do projeto, que visa levar o ecossistema Web3 do Brasil ao mundo, será uma oportunidade de aproximar, ainda mais, comunidades e projetos Web 3.0 brasileiros com o mercado internacional.

“Aqui no Brasil, possuímos uma das comunidades cripto mais engajadas do mundo apesar da nossa dificuldade em acesso quando saímos de grandes metrópoles. O Projeto quer aproximar o ecossistema cripto asiático, das comunidades e iniciativas brasileiras”, afirma Heloisa Passos, CEO da Trexx e idealizadora da Missão Nave.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

A Ásia é um dos principais players do mundo dentro da indústria de Games. Dentro deste mercado empresas como Tencent, Nintendo, Sega e Bandai Namco são líderes no desenvolvimento de jogos e licenças que são febres mundiais.  

Dados da Blockchain Week Ásia mostram que o mercado de blockchain da região Ásia-Pacífico crescerá 70,0% ao ano. Desse modo, com um valor de mercado total endereçável de US$ 322,7 bilhões entre 2021 e 2030.

A região da Ásia Central e do Sudeste Asiático e Oceania, ou CSAO, representou 14% do valor global da criptomoeda nesse período. O valor equivale a US$ 572 bilhões. A Ásia Oriental também teve 14% do valor global das transações de criptomoeda, totalizando US$ 591 bilhões. Enquanto o Oriente Médio teve 7%, ou US$ 271,7 bilhões.

Em suma, a CSAO, o Leste Asiático e o Oriente Médio representaram cerca de 35% do valor global da criptomoeda de 2020 a 2021. Ou um valor de mais de US$ 1,43 trilhão.

Segunda edição da Missão NAVE focará na Ásia

De acordo com Passos, ao observar a relação da Ásia com a América Latina, o Brasil é um dos mais visados países da região para aberturas de mercado. Isso se dá por conta da sua adoção aos criptoativos, e a possibilidade de desenvolvimento tecnológico em um movimento global que foca nos países emergentes.

“Nos últimos meses temos fortalecido ainda mais nossos esforços de parcerias e negócios internacionais. Portanto, estamos pelo caminho certo dentro do relacionamento que criamos com empresas da América Latina e do sudeste Asiático. Recentemente fomos finalistas do hackathon da Oasys, do Japão. Além disso, firmamos parcerias que já fizemos com a AAG e com a Japanese Born Ape Society”, afirma.

NAVE na Ásia

A Missão NAVE  vai promover uma jornada de 15 dias da equipe formada por Helo Passos, Sabrina Olivo, Head de Open Innovation da Trexx e apresentadora do CrypTalk; e Vinícius Chagas, CTO da Trexx. Durante a viagem, o time fará produções de conteúdo, visitas diplomáticas a empresas cripto na Ásia como fundações de blockchain, estúdios de games e empresas financeiras, além de aproximação com Builders nos hackathons. Entre os eventos confirmados estão Blockchain Week, na Coreia, Blockchain Filipinas e Token2049, em Singapura, além dos hackathons no eth.singapore e eth.korea.

“Queremos aproximar tanto os parceiros que estão dando o suporte e estrutura para a NAVE, quanto a Comunidade brasileira que muitas vezes tem dificuldade em acesso à informação pela barreira linguística. Também será importante entender o que a comunidade de lá tem feito durante o ciclo de baixa e quais tecnologias e boas práticas podemos trazer para o Brasil”, ressalta Passos.

Nesse sentido, a última missão da Nave foi na Europa no final do ano passado. Portanto, Helo Passos passou 60 dias na região, e visitou várias empresas e eventos do ecossistema em países como Inglaterra, Escócia, Itália e França.

A missão fez contato com gigantes da Indústria. Entre elas, a Ubisoft, empresa do mercado tradicional de games que mais tem iniciativas dentro da web3. Além de startups conhecidas da blockchain, como Ledger e Socios.com.

“Com uma equipe maior e o nosso know-how de desenvolvimento de negócios e produção de conteúdo audiovisual e publicitário, acreditamos trazer mais uma vez, algo novo para o mercado e que contribua com o crescimento saudável da comunidade não só no Brasil, como na América Latina também”, conclui.  

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas