Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Produção de mineradores de Bitcoin reduz 40% em maio devido ao halving

Entre as causas, estão os efeitos do evento de halving do Bitcoin que ocorreu em abril.

Vários mineradores de Bitcoin registraram uma queda na produção de BTC em maio deste ano. Entre as causas, estão os efeitos do evento de halving do Bitcoin que ocorreu em abril.

O halving do Bitcoin acontece aproximadamente a cada quatro anos e automaticamente reduz as recompensas dos mineradores. Portanto, aumentando a escassez do Bitcoin no mercado. Este ano, o evento reduziu as recompensas de mineração para 3,125 BTC. Assim, diminuindo significativamente a produção diária total de BTC para um máximo de 450 BTC.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Mineradores revelam queda na produção

Em um comunicado, a CleanSpark reportou uma queda de 42% na produção de BTC. Assim, caindo para 417 BTC em maio, em comparação com 721 BTC em abril.

Apesar dessa diminuição, a empresa afirmou que superou as expectativas do setor. Além disso, comunicou que sua produção pós-halving supera a produção pré-halving de alguns concorrentes. A mineradora informou que vendeu aproximadamente 2,43 BTC em maio. Desse modo, a mineradora encerrou o mês com um total de 6.154 BTC em suas reservas.

Zach Bradford, CEO da CleanSpark, destacou os aspectos positivos desse período. Conforme ele revelou, a empresa alcançou um novo recorde de quase 18 exahashes por segundo. Enquanto aumentava a eficiência para 23,05 joules por terahash.

Por outro lado, a Riot Platforms registrou uma queda de 43% na produção de Bitcoin de um mês para o outro. Assim, atingindo 215 BTC em maio. No entanto, a empresa recebeu US$ 7,3 milhões em créditos de energia devido à redução de consumo e participação no programa de resposta à demanda do operador da rede local.

Jason Les, CEO da Riot, destacou que a empresa estava no caminho certo para atingir suas metas de crescimento de taxa de hash para 2024.

“O primeiro prédio de 100 MW em nossa instalação de Corsicana, o Edifício A1, está agora totalmente desenvolvido e a implantação dos mineradores está quase concluída. Uma parte substancial dessas implantações ocorreu no final do mês, adicionando um total de 3,1 EH/s à capacidade de auto-mineração da Riot, elevando a capacidade total de auto-mineração da Riot para 14,7 EH/s.”

Quedas por problemas operacionais

Enquanto isso, a produção de Bitcoin da Bitfarms caiu em linha com as outras. Suas operações de mineração geraram 156 BTC em maio, uma queda de 42% em relação aos 269 BTC produzidos em abril.

A Bitfarms afirmou que sua produção refletiu o primeiro mês de recompensas reduzidas por bloco e foi também impactada por alguns problemas operacionais — incluindo reduções na Argentina e um tempo de inatividade significativo durante as atualizações dos mineradores.

Além disso, a mineradora vendeu 136 BTC por US$ 8,9 milhões como parte de seu processo de gestão de tesouraria. Acrescentou que possui aproximadamente 850 BTC, avaliados em cerca de US$ 57,2 milhões até 31 de maio.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway