Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Minecraft paga US$ 300 por semana em Bitcoin; jogo adere mais um bloco: o Blockchain

Agora os jogadores podem receber Bitcoin ao jogar o, já consolidado, mundo de blocos criado pela desenvolvedora Mojang.

A Startup Zebedee anunciou a integração da tecnologia da rede de pagamentos em Bitcoin Lightning ao famoso jogo Minecraft. Portanto, a ideia é de que os jogadores consigam receber Bitcoin ao jogar o, já consolidado, mundo de blocos criado pela desenvolvedora Mojang, subsidiária da Xbox Games.

A startup de pagamentos centrada em Bitcoin tem como foco a integração da rede Lightining em jogos de celular, ou computador. O aplicativo já conta com alguns games, onde os jogadores conseguem receber recompensas em satoshis, a menor unidade de medida do Bitcoin.

Satlantis , um servidor Minecraft com tema de Bitcoin operado por membros da comunidade, integrou a tecnologia de jogos habilitada para Lightning Network de Zebedee, permitindo que os jogadores ganhem Bitcoin para jogar. Ele funciona com a edição Java do Minecraft em computadores, e os jogadores podem sacar seus ganhos para o aplicativo de carteira ZBD no iOS ou Android.

A integração não é oficial, muito menos é endossada pelo desenvolvedor do Minecraft Mojang ou pela editora Microsoft. Na realidade, a Mojang já chegou a criticar a tecnologia de NFTs nos jogos, e afirmou que o Minecraft nunca iria adotar a prática. Além disso, a desenvolvedora afirmou que a conduta seria de banir qualquer servidor que utilizasse a integração.

Entretanto, a Satlantis está distribuindo mais de 1 milhão de satoshis por semana, de acordo com Zebedee, que é 1% de um Bitcoin. O valor é cerca de pouco mais de US$ 300 no total por semana em Bitcoin. O valor é algo comum entre os demais aplicativos, tanto da Zeebede, quanto em outros, que pagam criptomoedas aos jogadores.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin