Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Bitcoin é a salvação do dólar e BRICS é ameaça, afirma Kennedy Jr

Robert F Kennedy Jr esteve presente durante a Consensus 2024, e falou em uma coletiva de imprensa com jornalistas.

Os candidatos à presidente dos EUA deste ano estão recebendo o mercado de criptomoedas com bastante carinho. Antes de Trump virar pró-Bitcoin, o sobrinho do ex-presidente John F. Kennedy, Robert Kennedy Jr, já falava sobre Bitcoin em sua campanha.

Robert F Kennedy Jr esteve presente durante a Consensus 2024, e falou em uma coletiva de imprensa com jornalistas. Durante a conversa com os jornalistas, o presidente afirmou que o governo norte-americano precisa cortar gastos. E o Bitcoin pode auxiliar durante este caminho.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

“Nossa dívida está além do ponto em que podemos simplesmente cortar nosso caminho para fora da dívida. Temos que mudar a maneira como gastamos dinheiro para que isso cresça nossa economia, afirmou durante a coletiva.

O BlockTrends perguntou ao candidato à presidência se ele se preocupa com o fato de que os emissores de stablecoins, como a Tether, detém mais títulos de dívidas que alguns países como Alemanha.

Confirme diz, ele não enxerga essas empresas como uma ameaça à segurança nacional. Contudo, também disse que não tinha conhecimento do fato.

“Não acho que eles tenham mais que a China, por exemplo. Então, não há como argumentar que isso é perigoso para a segurança nacional. Mas que você me disse agora, foi a primeira vez que ouvi, então não pensei muito sobre”, diz.

Investimento em Bitcoin e ameaça do BRICS

Além disso, Kennedy Jr comenta que agora, é necessário focar em investimento, e estímulos econômicos. “A epidemia de doenças crônicas, que é o maior custo, agora é de 4,3 trilhões de dólares”, afirmou. “É cinco vezes o nosso orçamento militar”.

“Precisamos aplicar esse dinheiro em projetos que realmente vão fazer nossa economia crescer. A única maneira de sair dessa dívida é fazer nossa economia crescer para que, proporcionalmente, a dívida fique menor. E há oportunidades, particularmente em tecnologia de blockchain, e em tecnologia de IA.”

Kennedy Jr afirmou que também propôs investir parte das reservas em Bitcoin ou uma cesta de moedas fortes.

“Talvez emitir títulos que começam com 1% do T-bill, o título do Tesouro, sendo uma cesta de ativos fortes, que incluiria Bitcoin. E se isso funcionar, então mover isso para 2% no ano seguinte e aumentar a cada ano uma porcentagem” disse.

Em sua opinião, a única maneira de fazer isso é com moeda forte. Kennedy Jr também critica a capacidade do Fed de imprimir dinheiro de maneira descontrolada.

“Está permitindo muitas guerras. Não teríamos nenhuma dessas guerras eternas se realmente tivéssemos que pagar por elas”, afirmou. O candidato ainda afirma acreditar que o Bitcoin é a maneira de salvar o dólar. Ele ainda cita o BRIC, e seus planos para uma moeda única como uma ameaça tangível.

“Estamos vendo a ascensão do BRIC. Então, já estamos vendo acelerada essa ameaça ao papel do dólar americano como a moeda de reserva global”, disse.

“Acho que a única maneira de salvar o dólar é com um programa que descrevi, que incluiria o Bitcoin. Acho que é uma salvação. E também é um caminho para sair dessa dívida de 34 trilhões de dólares”, finalizou.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway