Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Google: documentos vazados revelam que empresa paga US$20 bilhões para ser o buscador padrão do iPhone

O consultor financeiro Bernstein prevê que as autoridades podem direcionar a empresa a romper seu contrato com a Apple.

O Google pode estar desembolsando entre US$ 18 e US$ 20 bilhões para ser o mecanismo de busca padrão no iPhone, conforme divulgado pelo The Register durante um caso antitruste nos EUA.

O consultor financeiro Bernstein prevê que as autoridades podem direcionar a empresa a romper seu contrato com a Apple. “Acreditamos que há uma possibilidade real de que os tribunais federais decidam contra o Google e o forcem a empresa a encerrar seu acordo de pesquisa com a Apple. Estimamos que o acordo vale de US$ 18 a US$ 20 bilhões em pagamentos anuais do Google à Apple, representando de 14% a 16% dos lucros operacionais anuais da Apple”, diz.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

O Google honra seu contrato com a Apple, compartilhando parte das receitas de buscas do Chrome, informou o site. Desse modo, a Apple ponderou substituir o Google pelo DuckDuckGo como mecanismo de busca do iPhone.

O analista baseou-se nos registros públicos da Apple para chegar a esses números. Bernstein também mencionou que o Google repassa à Apple 30% da receita de anúncios mostrados no iPhone, contribuindo para o valor total do acordo.

Portanto, tanto o Google quanto a Apple se beneficiam deste acordo. Vale destacar que o Google é o alvo do julgamento, não a Apple. A Apple, teoricamente, poderia se associar a outro mecanismo de busca ou manter o contrato com o Google apenas fora dos EUA.

Soluções

O analista sugere que a Apple pode dar aos usuários a opção de escolher o mecanismo de busca padrão para se distanciar do litígio. A Apple pode, no futuro, optar por apresentar uma tela de seleção.

Considerando que a Apple controla o acesso a sua base de usuários, que gera aproximadamente US$ 60 bilhões em receitas publicitárias, Bernstein acredita que a empresa continuará cobrando uma comissão (entre 25-30%) para permitir esse acesso.

Além disso, Bernstein especula que a Apple pode criar seu próprio mecanismo de busca. A possibilidade de uma tela de seleção pode dar à Apple a chance de lançar seu próprio mecanismo de busca.

Lembrando que o caso antitruste contra o Google ainda está em andamento. Durante o processo, descobriu-se que a Microsoft tentou vender o Bing para a Apple e que houve conversas sobre uma possível parceria com o DuckDuckGo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares