Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Gestor da falida FTX tem recebido US$1300 por hora 

John Ray III, gestor da falida FTX, pode acabar recebendo uma fortuna para lidar com o caso.

John Ray III, o gestor da massa falida da FTX, a exchange que colapsou em novembro após sumir com US$10 bilhões em fundos de clientes, completou dois meses no cargo nesta semana.

Segundo Ray, a busca por ativos para cobrir o rombo deixado pelas apostas feitas pela Alameda Research, podem demorar meses, ou até mesmo anos. 

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

No cargo, Ray tem recebido uma quantia considerada “modesta” para a tarefa. Seu salário é de US$1300 por hora, o que levou sua remuneração para US$690 mil nestes primeiros 2 meses.

Segundo documentos enviados à corte em Delaware, onde o processo está ocorrendo, Ray tem entregue cerca de 75h semanais de trabalho ao caso.

Gestores de processos similares, como no caso Madoff, chegaram a receber US$1,25 bilhão, tendo em vista que o caso se desenrolou por cerca de 10 anos. 

Autoridades envolvidas no caso da FTX, como o procurador de Delaware, Adam Landis, afirmam que mais de US$5 bilhões em ativos já foram recuperados.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado