Artigo

Como um jovem de 29 anos fez uma exchange de R$90 bilhões


Por Hugo Montan
Julho 20, 2021

[post-views]

Para boa parte dos brasileiros chegar aos 30 anos com um patrimônio de um carro e uma casa é um grande sonho, bobagem para Sam Bankman-Fried, que aos 29 anos é fundador e CEO da FTX, bolsa de criptografia avaliada em mais de R$90 bilhões.

Nesta terça-feira (20) a bolsa de derivativos cripto FTX levantou a maior rodada de financiamento privado da história do setor, com uma arrecadação de $900 milhões fornecida por mais de 60 investidores. 

A FTX vem crescendo em um mercado extremamente concorrido, disputando contra gigantes como a Coinbase e Binance ela vem se diferenciando ao oferecer funcionalidades avançadas para comerciantes inexperientes, como opções, futuros, produtos de volatilidade e tokens alavancados. 

Com uma avaliação de $18 bilhões, a empresa fundada em 2019 apresentou um crescimento de 1400% nos últimos 12 meses, com o valuation saltando de $1,2 bi para $18 bi. 

No comando de tudo isso, Sam Bankman-Fried, de apenas 29 anos. O jovem de 29 anos natural da Califórnia é um dos maiores exemplos de que qualificação e desempenho não se medem por idade.                                                  

Sam nasceu na Califórnia, filho de dois professores de direito da Stanford Law School, ele se formou em Física pelo MIT e se interessou pelo mercado financeiro ao se formar. Trabalhando na Jane Street Capital durante 3 anos, Sam adentrou no mercado financeiro e acabou pedindo demissão para embarcar suas próprias ideias, em especial, a criptografia.

Seu primeiro negócio foi a Alameda, iniciada em 2017, uma empresa de comércio de criptografia. Segundo Sam, no momento da fundação da empresa havia uma clara demanda por liquidez no setor de criptografia, decorrente de uma falta de infraestrutura no setor. 

Com o decorrer do tempo a Alameda acabou por tomar outros rumos e se tornou uma empresa gestora de ativos, passando a se chamar Alameda Research. Atualmente a empresa administra $2,5 bilhões em ativos. 

Um ano depois da fundação da Alameda, Sam começou a desenvolver a FTX junto com alguns colegas. 

 FTX

Ao começar a desenvolver a plataforma, Sam notou que seria muito difícil lançar os produtos da FTX nos Estados Unidos em virtude dos regulamentos rígidos. Tendo isso em vista, ele decidiu se mudar integralmente para Hong Kong, onde habita até hoje na sede da empresa. 

Ao contrário das plataformas de negociação de criptografia voltadas para iniciantes, como a Coinbase, a FTX é conhecida por seus sofisticados produtos derivados, semelhantes aos vendidos por bancos de investimento, com as mais diversas e versáteis opções.

Esses produtos permitem que seus usuários, a maioria comerciantes altamente engajados e bem financiados, de acordo com Bankman-Fried, vendem moedas digitais e lucrem com a derrota do mercado.

Mesmo com a identidade totalmente atrelada a criptoativos, nem todos os produtos da FTX estão necessariamente relacionados a criptomoedas. Por exemplo, as pessoas podem apostar em cenários como se as Olimpíadas de Tóquio serão realizadas ou se Donald Trump retomará a presidência em 2024. 

Nessa lógica de crescimento ascendente, a FTX tem emplacado diversas aquisições em busca de ampliar sua imagem. Em junho a TSM, uma das maiores organizações esportivas de games do mundo, anunciou a nova parceria com a FTX, que mudaria o nome da organização para TSM FTX e passaria a estampar a empresa em sua logo. 

E mais recentemente, o casal de super celebridades formado por Tom Brady e Gisele Bündchen, fecharam uma parceria com a FTX e se tornaram acionistas da corretora.

DEDICAÇÃO E ALTRUÍSMO 

Sam no escritório sede da FTX, em Hong Kong.

O jovem que detém uma fortuna de $8,7 bilhões se descreve como um workaholic com uma rígida autodisciplina. Segundo ele seu sucesso se deve ao esforço e boa administração de seu tempo, ele passa a maior parte das noites no escritório e só volta para casa quando os funcionários estão “fartos de minha presença”, disse ele ao Nikkei Asia.

Sam é um filantropo extremamente ativo, que tem uma preocupação profunda e genuína com o estado da humanidade. O Center for Effective Altruism é uma organização que mudou sua vida. Embora ele tenha trabalhado lá por apenas 2 meses, ele aprendeu a importância de doar para ter um impacto positivo no mundo ao nosso redor e em nossos semelhantes. 

Um de seus objetivos de vida é doar fundos para ajudar a fornecer salvaguardas para o futuro de longo prazo da humanidade. Ele compartilhou em uma entrevista que planeja doar a maior parte de sua riqueza para organizações que ajudam a promover esta causa. Ele acredita que canalizando fundos para organizações valiosas e importantes, ele está fazendo a sua parte. 

Ele não sente a necessidade de ser a pessoa ativamente envolvida na mudança, mas acredita firmemente que é suficiente fornecer fundos para ajudar organizações dignas a fazer a diferença para a melhoria do mundo. Ele é uma alma muito generosa e humanitária que está em uma boa posição para ajudar os outros a fazer a diferença.


Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail