Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

CoinDesk pode ser comprada por US$ 125 milhões, diz WSJ

A DCG manterá participação nos negócios de mídia, eventos, dados e índices.

Segundo o Wall Street Journal, a empresa de mídia focada em criptomoedas, CoinDesk, está prestes a negociar sua venda para um grupo de investidores por US$ 125 milhões. Nesse sentido, a empresa controladora da CoinDesk, Digital Currency Group, já vinha sofrendo pela desaceleração na indústria de criptomoedas.

A DCG manterá participação nos negócios de mídia, eventos, dados e índices. Atualmente, a CoinDesk é a organizadora da Consensus, uma das maiores conferências de criptoativos do mundo. Espera-se que a negociação seja concluída nas próximas semanas. A gestão atual da CoinDesk permanecerá, segundo noticiado.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

O jornalista Colin Wu, diz que a empresa foi avaliada em pouco mais de US$ 200 milhões. Isso faz com que os novos investidores tenham um pouco mais de 60% do total de ações da companhia. 

Matthew Roszak, da Tally Capital, e Peter Vessenes, da Capital6, lideram o grupo de investidores que comprou as ações da CoinDesk por cerca de US$ 125 milhões, resultando em um valor total de mais de US$ 200 milhões. Portanto, não uma avaliação de US$ 125 milhões.

O golpe mais forte, que atingiu a CoinDesk foi a falência da Genesis, corretora do grupo controlador DCG. Em janeiro deste ano, a plataforma entrou com um pedido de falência, e deixou um rombo deve US$ 5,1 bilhões para diversos credores.

Além disso, a falência da Genesis também causou brigas na justiça. Desse modo, a corretora Gemini, fundada pelos gêmeos Winklevoss, entrou com processo por fraude contra a empresa do grupo DCG. Nesse sentido, a alegação é de que, a Genesis enganou a empresa em uma parceria comercial.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Ex-CEO da Binance pode ser condenado a 3 anos de prisão (não 4), e pede desculpas Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, desapareceu há exatos 13 anos Google é forçado a desincentivar novos candidatos políticos Magic Eden adiciona suporte para Runes do Bitcoin Dona da CazéTV agora pertence à XP Inc e vai expandir globalmente